,

Musculação para crianças | Regras e Benefícios


12 • 11 • 2018
por Equipe Pink Fit

Olá meninas, tudo bem?

Crianças podem fazer treinamento de força desde que seja bem feito, com exercícios sendo executados com a técnica correta, supervisão de um profissional da área e respeitando as variáveis de intensidade para cada grupo específico, de acordo com a idade.

A musculação é uma das atividades físicas mais segura que existe, sendo que a maioria das lesões caudadas em academias ocorrerem por acidentes. Quando há orientação, o risco de lesões é bem menor comparado a esportes coletivos e de impacto como basquete e futebol, por exemplo.

Melhora a postura e se a criança aprender a treinar de forma correta, terá menos lesões na vida adulta e menos chance de se tornar sedentária.

O treinamento de força ao contrário do que se imaginava antigamente, não atrapalha o crescimento. Isto porque,não há calcificação da epífise, que é a parte cartilaginosa do osso e a mais flexível. Ao contrário, estudos demonstram que ganham até 1 cm a mais de estatura aqueles que participaram de uma intervenção de 8 semanas de treinamento comparado a um grupo controle.

O ganho de massa muscular também é mais significativa em praticantes de musculação, pois sabemos que atividades mais intensas estimulam hormônios do crescimento, mais produção de colágeno e mais efeitos anabólicos que independem da testosterona,  que ainda é baixa em crianças.

Prepara o corpo e forma uma base para outros esportes e atividades, sendo complementar para atletas que chegam a ter um índice de lesão de 22,6% contra 72,4% que não praticam a musculação e se recuperam mais rápidos, com apenas dois dias comparados a cinco dias com os não praticantes.

A musculação para crianças deve ser mais do que uma busca por um corpo esteticamente admirável. O intuito principal deve ser tornar-se ativo, mais forte e ser mais saudável.

Nós, da a Pink Fit Training sabemos da importância da musculação para todas as idades e, nem por isso, deixamos de lado o momento lúdico, divertido em nossos treinos. Para que as capacidades físicas voltadas à saúde sejam tão boas quanto às habilidades voltados aos gestos esportivos.

Contem conosco!

Beijos

Equipe Pink Fit

Contato @pinkfittraining | www.pinkfit.com.br | contato@pinkfit.com.br| Tel.: (11) 98274-3422

,

Atividade física e controle de lipídios (hiperlipidemia)


04 • 06 • 2018
por Equipe Pink Fit

Oi meninas, tudo bem?

Na coluna de hoje abordaremos os lipídios, gorduras importantes para um bom funcionamento do nosso organismo. Eles são responsáveis pelo armazenamento de energia, isolamento corporal, manutenção dos ácidos biliares, produção de hormônios esteroides, estão nas membranas celulares e regulam nosso metabolismo. Porém, seus excessos podem predispor doenças cardiovasculares, diabetes, insuficiência renal, hipotireoidismo, obstrução biliar e doenças renais.

Por isso, cuidado, esse excesso, pode ser causado pelo volume alto de gordura e carboidratos ingeridos na alimentação, além do peso alto e da falta de atividade física. Isto porque são os lipídios que transportam e estocam as gorduras no nosso corpo e seu excesso é chamado de hiperlipidemia, que é caracterizada como o aumento crônico, em jejum, dos níveis de triglicérides, como o LDL (>160 mg.dl-1), VLDL (>30 mg.dl-1), colesterol (>200 mg.dl-1) ou subfrações ou pela diminuição de HDL (<50 mg.dl-1), que são diagnosticado por exames clínicos de amostras sanguíneas.

Dentro deste contexto, o exercício físico melhora as concentrações de HDL, que são os responsáveis por utilizar e retirar a gordura do nosso corpo, tendo como função a fonte de energia. Aqueles que praticam exercícios tem os níveis de HDL até 59% melhores que os sedentários. Também há outros benefícios como diminuição da pressão arterial, controle da glicose e melhora da função cardiovascular.

Já os níveis de LDL e colesterol, as reduções são válidas, mas em menores concentrações comparado ao HDL A recomendação do Colégio Americano de Medicina do Esporte é que se pratique mais de 300 minutos de atividade física moderada por semana e/ou 150 minutos para vigoroso índice alcançado.

O foco dos exercícios deve ser voltado para um maior volume em comparação a intensidade. Porque se demonstra que há mudanças favoráveis nas partículas de LDL e nas concentrações de HDL e triglicérides em quem corre em média 32 km por semana , se comparado aqueles que correm 19 km, sendo que as alterações de lipídios se normalizam após um ou três dias depois da sessão física. Por isso, é indicado pelo menos três dias com exercícios que exercitem os principais grupos musculares, já que após 48 a 72 horas, o efeito do exercício desaparece. Portanto, o melhor é repetir regularmente o exercício e de forma contínua..

Se você se preocupa com a sua saúde, saiba que o exercício físico pode ser um ótimo aliado para combater a hiperlipidemia, pois a redução de 1 mmol.L de colesterol total e de LDL diminuem as chances de mortalidade por doenças coronarianas em até  29,5% e 26,6%  vezes, respectivamente.

Nós, da Pink Fit, estamos dispostas a te atender para lidar com este tipo de caso e preveni-lo contribuindo para modificar seu estilo de vida e torná-la mais saudável.

Beijos

Equipe Pink Fit

Contato @pinkfittraining | www.pinkfit.com.br | contato@pinkfit.com.br| Tel.: (11) 98274-3422

,

Como compensar o uso excessivo do salto alto


07 • 05 • 2018
por Equipe Pink Fit

Oi meninas, tudo bem?

Apesar de estar relacionado ao status feminino contemporâneo, o uso excessivo do salto alto pode trazer alterações posturais adaptativas a longo prazo, como:

  • uma anteversão pélvica, que aumenta a lordose lombar;
  • a semi flexão do joelho, que causa encurtamento da musculatura das panturrilha;
  • sobrecarrega até mesmo nosso pescoço,que fica anteriorizado por conta dos ombros que ficam posicionados para trás.

Com o uso do salto há uma maior instabilidade no tornozelo, podendo causar entorses. Essa relação é proporcional tanto ao tamanho quanto a largura do salto, pois com a diminuição do apoio do calcanhar, todo nosso peso corporal é sustentado pela parte anterior dos pés, sobrecarregando a região dos metatarsos e fazendo com que os dedos se abram para aguentar a carga imposta. Porém se usarmos um sapato apertado na região da frente ou de bico fino, os dedos ficarão lateralizados e podem causar lesões na pele, joanetes e calosidades.

Para melhorar este quadro, especialistas recomendam uso de saltos de no máximo 5 cm, que não seja de bico fino, salto mais grossos. Não excedendo muitos dias de uso e horas, variando o tipo do saltos e solados. Além da prática regular de exercícios físicos

Você sabia que o encurtamento da cadeia posterior causado pelo uso excessivo do salto faz com que tenhamos dificuldade em realizar alguns exercícios de membros inferiores como os agachamentos que comprometem a hipertrofia de glúteo?

Seja por falta de mobilidade do tornozelo que se torna rígida para compensar toda instabilidade, fraqueza da musculatura contra lateral, sinergistas e antagonistas como tibiais que podem causar inflamação na canela, duas vezes mais sobrecarga nos joelhos, entre outros problemas.

Por este motivo, a prática regular de exercícios físicos é de extrema importância para compensar todas essas alterações biomecânica e posturais.

Ao praticar atividade física é essencial melhoramos nossa consciência corporal, que nos traz bem estar para aliviar tensões, seja através de liberação de regiões mais rígidas como da panturrilha, alongamentos e fortalecimento para a musculatura antagonista, melhora da mobilidade do tornozelo, exercícios de estabilidade para joelhos, melhora da postura, entre tantos outras técnicas e exercícios que a Pink Fit Training terá o maior prazer em desenvolver para que você viva o seu melhor até mesmo quando você estiver em cima do salto.

Beijos

Equipe Pink Fit

Contato @pinkfittraining | www.pinkfit.com.br | contato@pinkfit.com.br| Tel.: (11) 98274-3422

página 1 de 4