,

A Menopausa E Os Exercícios Físicos


27 • 11 • 2018
por Equipe Pink Fit

Olá meninas, tudo bem?

Durante a menopausa ocorrem modificações hormonais em decorrência ao fim o período de fertilidade da mulher. É caracterizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) após período de 12 meses ou mais de amenorréia e ocorrem por volta dos 50 anos. Seus sintomas são: parada de ovulação, aumento da temperatura corporal, variação de humor, indisposição, insônia, dores de cabeça, redução da libido e diminuição de estrogênio, que é responsável pela proteção cardiovascular e reposição de cálcio.

Assim as mulheres com menopausa tem maior risco de aumento da osteoporose, pois a reabsorção óssea é maior que o depósito e maior propensão a doenças cardíacas.
O sobrepeso também é maior em mulheres com menopausas equiparadas na idade, com aquelas que não estão na menopausa. Isso significa que este fato não advém do envelhecimento, mas sim desse processo feminino natural.

Estudos comprovam que o aumento de peso ocorrem mais no período pré-menopausa e no início dela e que a tendência é o aumento de 2,5 a 5,0 kg de peso que resultam em uma modificação da estrutura corporal, muitas vezes, com padrão androide, que acumula mais gordura na região abdominal que em outras partes do corpo.

Por estes motivos, a atividade física se estabelece, neste cenário, como um dos principais tratamentos das consequências, das consequências da menopausa, principalmente na prevenção à obesidade.

 

Os exercícios físicos regulares diminuem a massa gorda e aumentam a massa magra que aceleram o metabolismo fazendo com que o ganho de peso extra não ocorra e cada vez mais melhoram sua composição corporal. Outro benefício muito importante da atividade física para mulheres pós-menopausa é o combate à osteoporose, que promove a melhora da densidade óssea por causa de exercícios de força e impacto. Sem falar na maior disposição, melhora da autoestima e que 30 min de atividade física ameniza os calores da menopausa, melhorando seu estado físico e psíquico.

Para chegar a estes resultados mais rápido e de modo seguro, tenha um acompanhamento de um profissional da atividade física que saberá como amenizar as mudanças caudadas pela menopausa.

Nós, da Pink Fit, somos especialistas em treinamento feminino e entendemos cada fase da vida e suas especialidades para que você obtenha sempre os melhores resultados.

Contem conosco!

Beijos

Equipe Pink Fit

Contato @pinkfittraining | www.pinkfit.com.br | contato@pinkfit.com.br| Tel.: (11) 98274-3422

,

Treinamento Personalizado | Benefícios e Resultados


29 • 10 • 2018
por Equipe Pink Fit

Oi meninas, tudo bem?

É muito importante ter um treino personalizado justamente por conta da sua individualidade. Seu biotipo, nutrição, rotina e trabalho são diferentes e únicos. Logo, seu treino também deve ser específico. Sem contar com diferentes objetivos e metas que você deseja alcançar, seja hipertrofia muscular, emagrecimento, melhora da resistência cardiovascular, melhora das aptidões físicas voltadas para a saúde ou manutenção de massa magra.

E só um profissional de educação física qualificado para supervisionar de perto um programa de treinamento eficiente e específico. Porque, além de considerar seu perfil, o profissional de educação física domina diferentes áreas do conhecimento da saúde como fisiologia, biomecânica, bioquímica, anatomia, fisiologia, periodização de treinos, avaliação física, pedagogia, comportamento motor, entre outras matérias e conteúdos que são essenciais para se promover saúde e atingir os melhores resultados.

Um bom profissional de educação física saberá controlar velocidade de execução do movimento, intervalo entre séries, ângulo de movimento, ajustar carga, maior segurança para a sua saúde. Poderá acompanhar melhor seu progresso, modificar os exercícios imediatamente, se perceber que o nível de exigência está abaixo do esperado para você por meio de uma progressão ou adaptando os exercícios que seu corpo ainda não está preparado para fazer, evitando possíveis lesões.

Assim, você terá para maior aderência ao treino já que a intensidade estará adequada para você.

Para se ter uma ideia da importância do personal, os seguintes estudos demonstraram que o grupo que teve mesmo treino, porém um acompanhado de forma mais próxima, teve aumento de força de 5,68% e 10,4% para membros superiores e inferiores, respectivamente, comprado a pessoas que dividiam o mesmo profissional de educação física com mais 20 praticantes, realidade muito presente nas academias.

Outro estudo demonstra que com o personal, o ganho de força, potência muscular, massa magra e perda de gordura são maiores comparada a grupos de pessoas treinadas, porém, sem acompanhamento, mesmo quando o treino era igual. Ou seja, mesmo os estudos que analisaram apenas a presença do personal trainer sem modificação de treinos tiveram ótimos resultados. Imagina se for específico par você!

Outro fator que garante o sucesso do treino personalizado é a flexibilidade de horário, local que se encaixam na sua rotina, maior incentivo, motivação e você não terá desculpa para não vencer a preguiça. E se o acompanhamento não fizesse diferença atletas e esportistas competidores não teriam treinadores e técnicos para melhora da performance.
Por tudo que já foi demonstrado, você percebeu que não adianta montar seu próprio treino, copiar de alguém ou seguir somente dicas da internet. Isso traz risco a sua saúde e impossibilidade de se obter resultados melhores. Fale conosco, a Pink Fit Training tem as melhores profissionais especializadas em treinamento feminino em resultados!

Contem conosco!

Beijos

Equipe Pink Fit

Contato @pinkfittraining | www.pinkfit.com.br | contato@pinkfit.com.br| Tel.: (11) 98274-3422

,

A Obesidade | Como reverter este quadro de acúmulo de gordura


20 • 09 • 2018
por Equipe Pink Fit

Olá meninas, tudo bem com vocês?

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde) a obesidade é considerada um acúmulo anormal ou excesso de gordura capaz de prejudicar a saúde, devido ao resultado de balanço calórico positivo a longo prazo, atingindo mais de 30% da população mundial. É considerado um dos principais fatores de risco para mortalidade e agravos de doenças não transmissíveis como as cardiovasculares, síndrome metabólica, hiperlipidemia, diabetes tipo 2, hipotireoidismo e pressão arterial.

Sua classificação é mais realizada por IMC (Índice de Massa Corpórea), sendo que o resultado para sobrepeso deve ser maior ou igual a 25 kg/m2 e, para obesidade, maior ou igual a 30 kg/m2.. Outra forma de classificação muito utilizada no meio clínico é a circunferência abdominal e quando a medida ultrapassa 88 cm para mulheres e 102 cm para os homens, significa risco aumentado para a saúde devido a maior presença de gordura visceral.

A gordura visceral é a grande vilã para nossa saúde, pois é mais sensível a ações de catecolaminas e de beta-agonistas que são resistentes à insulina, entrega gordura diretamente ao fígado pela veia porta (lesões no fígado que altera lipidemia) e secreta mais adipocinas ligadas as respostas inflamatórias.

O combate à obesidade vem da prática da atividade física aliada a uma reeducação alimentar. Essa mudança de estilo de vida é muito importante para o emagrecimento, porque nosso corpo gasta 70% do que consumimos para se manter funcionando e esse processo é chamado de taxa metabólica de repouso (TMR), o restante fica a cargo de: 10% pelo efeito térmico do alimento e os 20% restantes são gastos pela atividade física intencional.

E por este motivo, o profissional de educação física é tão importante no processo de emagrecimento, pois além prescrever e orientar seu treino de acordo com seus objetivos, o mesmo faz uma periodização e constantes mudanças para evitar a homeostase e até mesmo a diminuição da TMR que ocorre na maioria dos casos onde somente a dieta é utilizada como estratégia para o emagrecimento.

Este resultado vem de estudos que comprovam que a restrição caloria excessiva nos faz perder músculo também. Por este motivo, é essencial promover um ganho de massa magra através do exercício de força.

Para que seu corpo se recupere do treino, ele utiliza diversos substratos energéticos incluindo a lipólise que é a quebra das reservas de gordura como fonte de energia para compor a restauração músculo esquelética. Tudo isso, para se restaurar das micro lesões que resultam em hipertrofia muscular e para cada um quilo ganho de massa magra, nosso o corpo gasta pelo menos mais 21 kcal no repouso!

Outra estratégia utilizada para acelerar seu metabolismo é trabalhar com exercícios intensos que causam um déficit de oxigênio (EPOC) que nosso corpo demora mais 48 horas para se restabelecer e também gasta mais de calorias para se reajustar.

Nós, da Pink Fit Training, somos especialistas em emagrecimento saudável para mulheres. E sempre buscamos o seu melhor através de treinos dinâmicos e intensos dentro dos padrões biomecânicos corretos, para que você obtenha os melhores resultado!

Contem conosco!

Beijos

Equipe Pink Fit

Contato @pinkfittraining | www.pinkfit.com.br | contato@pinkfit.com.br| Tel.: (11) 98274-3422