,

Casa nova no ano novo | A decoração através da organização


17 • 12 • 2018
por Carol Rosa

Oi meninas, tudo bem?

Chegamos à última coluna do ano! E o que falar para vocês a tão poucos dias do fim de 2018?

Primeiro agradecer à Lala Rudge pelo espaço e a vocês por me acompanharem durante os últimos 12 meses. Foi uma delícia! Agora, depois de tantas dicas de organização, desta vez vou falar de decoração! Afinal, é possível decorar através da organização. E eu sei que muita gente gostaria de dar um up na casa para a chegada de 2019 ou para as festas de fim de ano. Por isso, vamos ver se consigo ajudar…

São muitos os itens que temos em casa que podem contribuir para colocar as coisas em ordem e ainda dar um ar mais elegante ao espaço. Vamos começar, então, com a sala

Na sala, temos os livros e as almofadas que, dependendo da disposição, podem ajudar ou atrapalhar nos dois quesitos: decoração e organização. Quer um ar novo no espaço? Tente mudar a disposição dos objetos. Os livros em pé, por exemplo, em uma prateleira, podem ir para a mesa de centro ou vice-versa.

Uma outra dica bacana é apostar em um revisteiro bonito ou até em uma cesta que possa ser usada como tal. Um pequeno detalhe na decoração faz toda a diferença.

Vale também pensar em mudar as coisas de lugar. Experimente colocar o sofá em outro canto, a mesa no lado oposto, enfim…

No quarto, pra deixar a cama com aquele aspecto de capa de revista, a dica é apostar nos travesseiros. Vale ter um par extra, deixando quatro, no total. Nem precisa gastar muito pra isso. Não precisam ser travesseiros de altíssima qualidade. A ideia é apenas deixar para encosto e decoração. Eles dão um ar de aconchego e deixam a cama visualmente bem bonita.

Outra dica, para quem está com os sapatos amontoados na sapateira, é pegar um cesto bonito para deixar no canto do closet ou perto do armário com os chinelos dentro, por exemplo. Você organiza os calçados e ainda usa o cesto para a decoração.

Já no quarto das crianças, é possível aproveitar os próprios brinquedos para deixar o cômodo com uma aparência melhor. Dá para pegar as bonecas ou os carrinhos em melhor estado para acomodar nas prateleiras. Fica visualmente interessante e, o melhor, bem prático para brincar.

No banheiro, sugiro aproveitar copos bonitos para colocar pincel de maquiagem, por exemplo. Podem ser até aquele taça de cristal que ficou sem par.  Muita gente tende a guardar em gaveta ou caixa organizadora, mas isso impede que os pinceis respirem. E deixá-los expostos dessa maneira dá um novo ar ao ambiente.

Outra dica para esse cômodo é escolher uma bandeja para deixar sobre a pia ou bancada. Nela, você pode colocar os objetos de uso diário: sabonete líquido, pote com algodão e cotonete, hidratantes, etc… Se você caprichar no visual da bandeja, garanto que além do ar organizado, vai ficar super charmoso.

Enfim, se pararmos para pensar, acharemos um monte de solução caseira para dar um ar novo à casa velha. Basta colocar a imaginação para funcionar! E é isso que desejo a todos vocês neste fim de ano: que criem, ousem, inventem! Aproveitem muito as festas, da melhor forma possível! Até 2019!

Beijos,

Carol Rosa/ Personal Organizer

carol@carolrosa.com.br

11 96060 6056

www.carolrosa.com.br

,

O preparo para a chegada do bebê


16 • 07 • 2018
por Carol Rosa

Olá, como vocês estão?

Prontas para mais uma leva de dicas de organização? A coluna de hoje foi feita pensando nas futuras mamães. Quero ensinar cinco truques essenciais que toda gestante deve aplicar na hora de montar o guarda-roupa do bebê. E olha que não basta só ter tudo comprado. Nesse momento, é importante deixar tudo funcional e à mão para facilitar a vida da mãe. Afinal de contas, serão alguns meses de muito cuidado, atenção e uma demanda sem fim.

 O que comprar?

A primeira recomendação é fazer uma lista de tudo que a criança vai precisar nestes primeiros meses: macacão, mijão, body de manga curta, body de manga longa, calça, pares de meia. Inclua nessa conta ao menos 2 casaquinhos para cada idade do recém-nascido. Com os itens prioritários em mãos, saiba que o recomendável é comprar no mínimo seis peças de roupa de cada categoria por faixa etária. Ou seja, seis macacões para a criança usar de 0 a 3 meses, mais seis macacões para 3 a 6 meses, e assim por diante. É claro que as mamães vão comprar aquele item que mais gostam, mesmo que já tenham a quantidade necessária. Mas vale lembrar que a criança também ganhará muitos presentes e, por isso, é importante ficar atento para não exagerar e correr o risco de acabar com peça no armário que sequer será usada.

Outra dica importante é priorizar as compras de itens básicos. Roupas sociais ou de sair, em geral, a criança acaba ganhando de presente. É normal que os meninos ganhem camisa ou uma calça mais descolada e as meninas muitos vestidos e macacões de babados.

Já para a rouparia, a recomendação é comprar ao menos duas mantas e três trocas de lençóis. Calcule também três jogos de toalha.

Como organizar?

Faça uso de organizadores para facilitar o dia a dia de quem cuida do bebê. Eles são ótimos para acomodar os medicamentos das crianças. Aqueles para cólica, dor de ouvido, vitaminas e até o termômetro, como são muito usados nos primeiros meses de vida, devem estar sempre à mão.

Use os organizadores também para guardar algodão, lenço umedecido, pote com água, pomada, etc.  E deixe sempre em um espaço próximo ao trocador. Reserve ainda uma outra cestinha ou caixa para guardar o kit de higiene do bebê, como o cortador de unha e lixa.

Os divisores de gaveta costumam ser esquecidos, mas são ótimos para separar acessórios de cabelo das crianças, no caso de meninas.

E o armário?

Para as roupas que vão ser penduradas, eu costumo usar um truque que funciona bem. Na hora de separar as peças dentro do armário, não leve em conta apenas o tamanho discriminado na etiqueta. Meça cada item. Compare. As confecções não seguem um padrão. Algumas roupas que seriam de 0 a 3 meses, podem ter um tamanho semelhante às de 3 a 6 meses. Depois de separados por tamanho, pendure em ordem crescente no armário: do menor para o maior. Assim as roupas ficarão bem organizadas e você terá uma noção de todos os itens que o recém-nascido tem.

Outra dica importante e que vai facilitar a vida de quem prefere pendurar a maior quantidade possível de camisetas, calças e vestidos, é comprar cabides finos e infantis. Eles ocupam menos espaço e são ideais para o tamanho das roupas.

Lave as roupinhas

Com a chegada do bebê se aproximando, é hora de preparar as roupas que ele irá usar. Sugiro sempre que as mamães deixem as roupas lavadas até pelo menos o sexto mês de gravidez. Acredite: a mãe não terá tempo de fazer isso depois do nascimento. Lave todas as peças e passe antes do recém-nascido vesti-las. Atenção: Use sempre sabão de coco ou neutro. Nunca utilize amaciante. A criança pode desenvolver alguma alergia.

Outra dica importantíssima é sempre cortar a etiqueta antes de organizar as peças no armário, principalmente as de recém-nascido. Como a pele do bebê é muito sensível, a etiqueta pode acabar irritando e arranhando a criança.

Check List Final

Aqui é o momento que a mamãe acaba se empolgando e descobre que comprou muitos macacões, mas tem apenas três bodies. Por isso, aconselho organizar o armário do bebê já no final da gravidez, quando quase tudo já estiver comprado. Vai ficar mais fácil deixar as coisas em ordem e ver o espaço que você deve destinar para cada tipo de peça. Esse é o momento de refazer a conta e checar a lista item por item. As pessoas se surpreendem como, às vezes,acabam esquecendo as coisas mais básicas e primordiais como um simples cortador de unha.

Siga essas dicas e você verá que vai economizar tempo com o seu bebê, o que é tão precioso nessa fase da vida dele. E para quem está grávida, assim como a Maria, aproveite muito cada momento e boa gestação!

Até a próxima!

Carol Rosa/ Personal Organizer

carol@carolrosa.com.br

11 98899 9270 | 11 96060 6056

www.carolrosa.com.br

,

O tempo voou e o Natal chegou: hora de deixar tudo pronto para a ceia


18 • 12 • 2017
por Carol Rosa

Gente,

Última coluna do ano! Só eu estou com a sensação de que o tempo voou ou tem mais alguém aí? O Natal é, sem dúvida, a época mais esperada por todos. Mas, com ela, vem também uma correria sem fim: confraternizações, presentes, viagens, festas… Dezembro parece curto para tantos compromissos. E pode se tornar um mês de desespero para quem, além de tudo, vai fazer a ceia ou o almoço natalino em casa. Por isso, é preciso se organizar. Alguns cuidados tomados com antecedência, eu garanto, evitam que um momento tão especial se torne um atrativo para o estresse.

Separei, então, para vocês, leitoras do blog, algumas dicas de pontos principais a serem levados em conta agora que faltam poucos dias para a chegada do bom velhinho e até mesmo do ano novo. Isso porque quase tudo do que se aplica aqui vale também para o Réveillon.

CONVIDADOS

A primeira tarefa é ter certeza da quantidade de convidados que você irá receber. É importante para não ter surpresa depois. Confirme com quem você chamou, com antecedência, já agora, quantas pessoas da família vão e reforce o horário marcado. Não deixe para a última hora ou isso vai acabar comprometendo toda a organização da ceia. No entanto, vale sempre considerar 3 ou 4 pessoas a mais do número final. Assim, se alguém aparecer de última hora, você não será pego desprevenido. Mais vale sobrar comida do que faltar. Se sobrar, é só guardar para comer nos dias seguintes…rs. Se faltar, será uma saia justa sem igual.

LISTA DE COMPRAS

Antes de começar as compras é importante decidir se você fará a ceia, se cada convidado vai levar um prato ou se vai encomendar algo pronto. Pergunte se as pessoas têm alguma alergia ou limitação alimentar. Isso pode evitar outra saia justa.

A partir daí, comece uma lista do que pretende servir. Mesmo se cada pessoa for contribuir com um prato, divida o que cada uma vai levar ou você corre o risco de ter dois perus e nenhum tender na sua ceia, por exemplo.

Se a ceia for ficar por conta do anfitrião, é preciso se organizar ainda mais. Cheque as receitas que você está planejando fazer. Verifique se você já tem os ingredientes em casa ou se é preciso acrescentar à lista de compras. Como é uma época do ano muito corrida e com filas enormes em todos os lugares, planeje-se para ir ao supermercado com antecedência e já compre todos os alimentos congelados e não perecíveis.

É preciso fazer uma lista de bebidas também. Se você pretende servir drinks e aperitivos, além do tradicional espumante, precisa definir qual bebida irá acompanhar o jantar. É bom ver opções para as crianças e sempre oferecer bebidas não alcoólicas. Não esqueça também da água. Muitas vezes pensamos em tudo e acabamos deixando de lado o essencial.

Os alimentos frescos e frutas devem ser comprados na véspera. Então se prepare e tente ir a um lugar onde você sabe que poderá encontrar tudo. Evite a peregrinação de loja em loja. Isso estressa e gasta tempo. Ainda mais nessa época do ano…

Além disso, lembre-se das outras compras fundamentais para garantir que seus convidados não passem apuros. Compre papel higiênico, lenço umedecido (caso vá receber crianças) e sabonete líquido.

SERVIÇO DE MESA

Com a quantidade de convidados em mãos e os pratos que serão servidos, é hora de preparar a casa. Veja se você tem taças, pratos, talheres e copos suficientes para todo mundo. Lembre-se que você vai precisar de jogos para o jantar, para a sobremesa, taças de vinho, de champanhe,  de licor… É importante estar atento a isso. Às vezes, durante o ano, as pessoas não usam jogos de jantar ou não recebem tantas pessoas ao mesmo tempo. É bom verificar se tudo está em ordem! Outra dica é checar se há travessas para todos os pratos que pretende servir. Se os jogos não estiverem completos, vale alugar ou até mesmo misturar peças de jogos de jantares diferentes – desde que combinem entre si. Isso pode até dar um ar personalizado à ceia!

E aí, claro, só posso desejar que tenham ótimas festas e que entrem em 2018 com o pé direito, o astral renovado e muita esperança! Obrigada por terem me acompanhado este ano aqui e espero que continuemos juntos no próximo! Já em janeiro darei dicas para a organização da casa, de uma forma geral. Para começar o ano novo com tudo em ordem. Isso facilita, acreditem, porque depois é só manter… Enfim, assunto para o ano que vem! Até lá!

Beijos.

Carol Rosa / Personal Organizer

carol@carolrosa.com.br

11 98899 9270 | 11 96060 6056

www.carolrosa.com.br

página 1 de 2