,

Os cremes e a rotina dermatológica


11 • 05 • 2018
por Clarissa Rittes

Olá meninas!

Essa semana vou falar um pouco sobre a importância dos cremes na rotina dermatológica. Sabemos que não existe creme que tire rugas ou trate flacidez, correto? Isso é fato. Porém, mesmo não tendo uma ação tão pronunciada no tratamento de linhas de expressão, eles são essenciais na beleza e na saúde da pele.

A pele é o nosso maior órgão. Tem diversas funções como: proteção contra o meio externo, equilíbrio da temperatura do corpo, manutenção da hidratação, entre muitas outras. Porém o processo de envelhecimento não ocorre somente na pele, ocorre também nos ossos (reabsorção e perde de sustentação), nos músculos faciais (vão ficando mais fortes e causam as linhas dinâmicas), nos coxins de gordura, que também vão sendo perdidos, e os que sobram tendem a deslizar e ceder à força da gravidade.

Devido a perda de sustentação e a flacidez  (perda de colágeno), a pele não só perde a elasticidade ,como começa a “sobrar” e, consequentemente, a  vincar. Os músculos mais “rígidos” para sustentar esse excesso de pele acabam causando vincos cada vez mais profundos. Por todo esse caráter global do processo de envelhecimento, não teria como cremes ajudarem muito no processo de envelhecimento e flacidez, pois eles agem na primeira camada da pele, a epiderme. Pouquíssima quantidade do que se aplica na pele passa para a derme (camada onde está o colágeno, mais profunda , onde fica a tatuagem). Entretanto, mesmo agindo apenas na epiderme (camada superficial), os cremes, além de ajudar a manter a pele hidratada, homogênea, clarear pigmentos superficiais, podendo também ajudar muito a controlar a oleosidade e melhorar o aspecto superficial da pele. Sem contar que alguns ativos como o ácido retinoico, não só ajuda na penetração de outros ativos, como atua através de receptores, aumentando levemente a produção de colágeno. Além disso, uma pele devidamente hidratada, anti oxidada, tratada, envelhece de forma muito mais lenta.

A hidratação não é só uma questão de beleza, a pele precisa estar hidratada para exercer bem uma de suas melhores funções, a de barreira. Sem a barreira intacta, a pele é mais facilmente contaminada por agentes externos. O corpo também precisa estar devidamente hidratado, pois além de feio, o ressecamento favorece o aparecimento de lesões e feridas, já que a pele seca coça, e o ato de coçar pode gerar feridas. Além disso, luz solar, calor, poluição e até luz visível, causam manchas, degradação de colágeno em excesso e, quando temos uma rotina dermatológica que envolve alternar ativos e nutritivos, e claro, protetor solar sempre, deixamos essa camada superficial protegida desses fatores que danificam a pele. Ou seja, uma boa rotina dermatológica de cremes, não só nos faz envelhecer mais lentamente, como também de maneira mais bonita e saudável.

É essencial consultar o dermato para saber qual a melhor rotina para SUA pele, pois cada pele se beneficiará mais de ativos específicos, em concentrações determinadas, alternado com nutritivos e antixoxidantes específicos.

Próxima coluna tem muitas novidades já que essa semana participaremos de eventos científicos com grandes nomes da medicina internacional. Aguardem. ❤️

Beijos,

Dra. Clarissa Rittes

Para mais informações: Tel:. (11) 3045-4167 | IG: @clarissarittes

Comente