,

O rejuvenescimento e embelezamento íntimo


22 • 09 • 2017
por Clarissa Rittes

Olá meninas!!!

Hoje a coluna é sobre um tema muito importante, mas que para algumas mulheres ainda é um tabu: o rejuvenescimento e embelezamento íntimo. Com o aumento da longevidade, é cada vez mais comum a busca da vida sexual após a menopausa. Por isso, nos últimos anos, muitas tecnologias foram desenvolvidas dentro deste contexto.

A novidade do momento é a ponteira nova, robótica, do laser FOTONA, que permite o tratamento do canal vaginal e assoalho pélvico, internamente. Sem cirurgia, sem internação e sem dor, esse laser aumenta a sensibilidade sexual e o prazer, além de ajudar na lubrificação, melhorar a atrofia e também tratar a incontinência urinária e a queda de períneo.

Associado ao tratamento interno, também podemos cuidar da parte externa: diminuição de lábios e ganho de colágeno na região, deixando-a mais jovem e clara. Esse tipo de tratamento consegue reduzir em até 3 cm os pequenos lábios, além de ” fechar” a região que, às vezes, abre com a idade ou após o parto.

Na menopausa, as mulheres sofrem com a atrofia vaginal, pela redução drástica dos hormônios ovarianos, como o estradiol, que é um importante hormônio da feminilidade. A vagina sofre com perda de lubrificação, dor nas relações sexuais, redução dos folhetos de revestimento da mucosa vaginal, incontinência urinária, por conta do enfraquecimento das paredes e ligamentos de sustentação. O laser de Erbium Yag, aplicado em média 2 ou 3 vezes ao ano, promove o aumento das camadas de células da mucosa vaginal, melhorando a espessura do estroma e o conforto nas relações sexuais. O tratamento utiliza um laser fracionado que consegue recuperar a elasticidade, a espessura e a umidade da vagina, estimulando a produção de colágeno. O laser é uma ótima opção para quem tem contraindicação do uso de cremes hormonais, devido ao histórico de câncer de mama. Além de ser caracterizado como um tratamento indolor e que não gera desconforto, o laser de Erbium Yag se destaca dos outros lasers por não usar CO2, evitando assim, possíveis queimaduras. É um tratamento seguro e viável para mulheres na menopausa, que podem se beneficiar de um tratamento não-hormonal. O laser Erbium Yag é um laser não ablativo (que não queima), conforme os parâmetros utilizados. A ponteira é introduzida na vagina, e a mesma libera energia de forma controlada, em toda a parede vaginal. A sensibilidade é pequena e são necessárias duas sessões, com intervalo quinzenal, para melhores respostas terapêuticas. Há importante melhora na qualidade de vida.

A incontinência urinária é uma queixa feminina que aumenta com a idade e na menopausa. Segundo pesquisas, cerca de 17% das mulheres terão IUE. Atualmente são muitos os tratamentos com cirurgias locais, exigindo da paciente repouso ou inserções de Fitas (Slings). Com a utilização do ERBIUM FOTONA, as aplicações são feitas em regime ambulatorial, sem desconforto, sem cortes e sem sangramentos. Com rápida recuperação e reinício de atividades sexuais. O procedimento à laser que o ERBIUM FOTONA realiza tem resultados com índices de 86% de aprovação das pacientes, de acordo com publicações no “Minimally Invasive Laser Therapy for Stress and Mised Urinary Inconinence in Women” e apresentado pela Drª Sabina Sencar, no Congresso Mundial de Uroginecologia, ocorrido em Dublin .

Esses procedimentos também podem ser feitos por mulheres antes da menopausa, para aumentar a lubrificação e sensibilidade, em mulheres pós parto, ou com perda urinária. A parte externa está indicada para todas as idades pois, muitas vezes, a estética vaginal é um problema na autoestima. E, hoje, conseguimos melhorar muito o aspecto da região sem cirurgia.

Consulte seu Dermato e recupere sua autoestima, sem cortes e sem internação hospitalar.

Espero que tenham gostado!!

Beijos,

Dra Clarissa

Comente