,

Dor Muscular de Início Tardio 


06 • 08 • 2018
por Equipe Pink Fit

Olá meninas, tudo bem?

Hoje abordaremos a dor muscular de início tardio (DMIT). Ela pode ocorrer quando realizamos exercícios físicos após longos períodos de inatividade física, quando exercitamos um novo grupo muscular que ainda não foi estimulado no programa de treinamento ou até mesmo quando iniciamos um treino novo com diferentes estímulos.

É caracterizada como uma sensação de desconforto na musculatura esquelética que danificam estruturas musculares e, geralmente, duram de 24 a 72 horas após o esforço realizado. Por conta das substâncias vasodilatadora de adesão e migração os leucócitos do sangue são levados para o local danificado, caracterizando um quadro de inflação. Resultado da ação de macrófago que libera prostaglandinas, histaminas, citocinas e potássio. Essa dor depende de vários fatores, incluindo a intensidade em que o exercício é realizado, tipo de exercício, tempo de pausa, volume, entre outros. A nossa tolerância a dor, vivência e resistência a fadiga, também influenciam na percepção da DMIT. Com o passar do tempo, seu corpo estará mais forte para aquela carga anterior e a dor diminuirá significativamente.

  • Mas se eu não sentir dor, o treino não foi bom?
    Treinar sempre buscando essa sensação de DMIT, não é uma das melhores estratégias para ganho de massa muscular como muitos pensam. Pois não há uma relação muito definida entre sensação de dor e nível de lesão muscular por ser muito subjetivo..Existem outras formas mais eficientes para medir a progressão/ evolução no treino de força como intensidade, carga e volume de treino, percepção subjetiva de esforço, frequência cardíaca.
  • Posso treinar mesmo com dor muscular?
    Depende da intensidade da dor, da influência no nível de força e amplitude de movimento. Caso uma dessas variáveis estejam comprometidas, melhor seria dar um tempo de pausa maior.
  • Como posso diminuir a dor muscular?
    O ideal é não tomar remédios analgésicos, pois comprometem a sua percepção de dor, que disfarçada, pode te enganar e fazer você forçar demais aquela musculatura, causando mais lesões futuras. Utilize estratégias de massagens e compressas quentes ao invés de remédios, quando a dor estiver tolerável.
  • Então a frase “No pain, no game” está errada?
    Pode se dizer que sim. Por exemplo, quando sedentários iniciam um programa de treinamento, eles sentem muitas dores musculares no início do treinamento, porém o maior ganho é na adaptação neural sem mudança na hipertrofia.

Lembre-se. dor muscular é diferente de dor articular.A dor muscular é tardia, nada de sentir dores constantes durante todo o treino, pois este é um sinal de que há algo errado. Como discutimos, não é bom buscar sentir dor a todo momento para avaliar se o treino foi efetivo ou não.

Existem outras formas de analisar sua performance e, por isso, a importância de um profissional qualificado para acompanhar seu progresso com os parâmetros certos para avaliar e prescrever um treino que atenda às suas necessidades e atinja seu objetivo o mais rápido possível.

Nós, da Pink Fit queremos que você ultrapasse seus limites, porém sempre respeitando o seu corpo.

Contem conosco!

Beijos

Equipe Pink Fit

Contato @pinkfittraining | www.pinkfit.com.br | contato@pinkfit.com.br| Tel.: (11) 98274-3422

Comente