,

O Que Sua Atitude Diz De Você?


17 • 04 • 2017
por Janaína Leão

Olá meninas,
Quantas pessoas cruzam seu caminho num único dia, tanto no mundo real quanto no virtual?  Você já se arrependeu pela forma como tratou alguém? E você, já se sentiu mal pela forma como foi tratado? Se suas respostas para esses questionamentos forem positivas, já demos um passo para a reflexão de hoje.

O impacto das nossas atitudes, dos nossos comportamentos e a forma como nos relacionamos dizem muito sobre nossa essência, valores e princípios de vida. Todos os contatos que estabelecemos, seja através de trocas, olhares, sorrisos, suspiros, expressão facial… geram alguma reação no outro. Você já tinha pensado sobre isso?

 Já conversamos muito por aqui sobre agir  diariamente no modo automático, apenas vamos dando “done” no nosso check-list e, desse modo, todos os participantes do processo passam despercebidos. Sabe quem são os participantes? Seu colega que está sentado ao lado; o porteiro do seu prédio; o motorista do carro ao lado parado no engarrafamento; sua mãe que ligou para perguntar como você estava; seu marido que te chamou no WhatsApp para te mandar um “oi”; a atendente da cafeteria que você costuma ir. E, por fim, você mesmo.

Viver no modo automático afeta sua qualidade de vida e a de quem você convive ao longo do seu dia. O que mais preocupa: muitas vezes, por conta de uma atitude mais rude ou então pelo fato de não dar a devida atenção, desencadeia uma reação cíclica, que afeta a vida de todos. Se você trata de maneira pouco educada uma pessoa que está tendo um dia ruim, o dia dessa pessoa certamente vai piorar. E sabe o que essa pessoa provavelmente vai fazer? Tratar outra pessoa da mesma forma rude, pois essa forma de agir foi internalizada automaticamente como resposta padrão comportamental, seja pelo fato de querer “dar o troco”, ou por, inconscientemente, responder ao exemplo negativo que teve.

Por isso, você deve repensar sobre seu padrão de educação, cordialidade  e respeito com o outro, mesmo que a sua rotina seja agitada, que você tenha pressa e que não tenha tempo para nada. A gentileza nas nossas atitudes é muito importante para a engrenagem da nossa rotina funcionar de forma saudável e gerar energias positivas. Você sendo cordial, inspira, normalmente, atitudes respeitosas e amigáveis no outro. Claro que como tudo na vida, há exceção, e é por isso mesmo que devemos saber que nem todas as pessoas reagem de maneira positiva às gentilezas, e isso diz muito sobre o histórico de vida delas.

Aprendemos pelo exemplo, certo? Dessa forma aprendemos “como fazer” e também “como não fazer”. Cuide para não contaminar e despejar as suas insatisfações na vida do outro. Buzinar no trânsito não resolverá seus problemas. Ser ríspido não minimizará suas dores. Ser agressivo não te trará resultados.

Por fim, tenha um “caderninho” para anotar comportamentos que te chamaram atenção positivamente. Desse modo você ampliará sua forma de se relacionar com o outro mesmo que não tenha aprendido no seu ambiente familiar. Independente da nossa escolha vivemos em uma sociedade e quanto mais desenvolvermos atitudes nobres, geramos vínculos e cuidado para com o outro.

Excelente reflexão!
Até a próxima, um beijo!

________

Janaína Leão: Psicóloga e Coach

@psicologa_coach  |    janaina@janainaleao.com.br     |    www.janainaleao.com.br

,

Vai Viajar? Saiba Como Preparar As Malas!


17 • 04 • 2017
por Carol Rosa

Olá meninas,

Nesta minha segunda coluna aqui para o blog, decidi falar de um assunto delicioso: viagem. Com tantos feriados prolongados este ano (vários deles já agora, nas próximas semanas), é melhor aproveitar, não é mesmo?

Quem não gosta de conhecer uma cidade nova ou voltar para um lugar especial? Mas arrumar a mala nem sempre é tarefa fácil, especialmente para nós, mulheres. Confessem: muitas de vocês gostariam de colocar uma rodinha no guarda-roupa e levá-lo inteiro, não gostariam?

Como isso é impossível, é preciso ser racional na hora de escolher as peças.

O que levar?

Tenha sempre em mente o tipo de destino, a temperatura e os programas que pretende fazer.

Quem vai à praia, provavelmente ficará a maior parte do tempo de roupa de banho e chinelo…Então, para que levar 4 calças, 17 shorts, 12 vestidos e 5 pares de sapato de salto alto? Avalie bem se existe a possibilidade de surgir algum evento que precise de roupas mais chiques.

Para o frio, a dica é optar por um casaco pesado e quente, de cor neutra como preto, marrom ou off white. Variando apenas a roupa de baixo (camisas, blusas e calças), já dá para montar looks diferentes.

O mesmo pensamento vale para os sapatos: escolha pares básicos, confortáveis, que combinem com a estação e com tudo. Isso permite usá-los mais de uma vez em ocasiões diferentes.

Como levar?

Com as peças separadas, é hora de colocar tudo na mala. Alguns truques ajudam a distribuir bem as roupas e a não amassá-las muito durante a viagem.

Primeiro as calças: coloque-as esticadas no fundo da mala com as pernas para fora. Só depois de acomodar tudo é que você dobra as pernas da calça sobre as demais peças.

Com as calças acomodadas, coloque os shorts e bermudas. Em seguida, os vestidos, que também devem ser acomodados com uma parte para fora da mala, assim como as calças. É importante dobrá-los o mínimo possível.

As camisetas devem ser dobradas e colocadas em cantos e espaços vazios. Um erro muito comum dos viajantes é fazer aquele famoso rolinho. Não façam isso! Ele acaba estragando e esgarçando a gola.

Na hora de guardar a lingerie, lembre-se de levá-la sempre em sacos separados (pode ser aqueles de TNT). Deixe as roupas íntimas e o pijama fáceis de encontrar, assim você não precisa desfazer a mala inteira depois de uma viagem longa.

Vai pegar sol? As cangas devem ser colocadas esticadas, e os biquínis e maiôs em saquinhos plásticos individuais. Eles servirão também para proteger suas roupas na volta da viagem, caso ainda estejam molhados.

Os sapatos podem ser colocados em sacos individuais de TNT, tipo zip, ou até mesmo em toucas de banho descartáveis para proteger a sola. Esse truque é infalível! Depois, os calçados podem ser alocados em compartimento separado na bagagem ou, se estiverem protegidos, junto às roupas, de preferência nos cantos da mala.

Os produtos de higiene pessoal, cosméticos, remédios e maquiagem devem ser alocados em uma frasqueira. Mas, se preferir, podem também ser colocados em saquinhos separados por tipos. Assim, é só distribuir nos espaços vazios.

Por fim, e que muita gente esquece, coloque na mala um saco grande para levar as roupas sujas separadas das limpas na volta.

Depois dessas dicas, não quero ver mais ninguém sentando na mala e fazendo aquela força para fechar o zíper, hein?! Agora é só viajar e aproveitar!

Até a próxima!

Beijos,

Carol Rosa / Personal Organizer
carol@carolrosa.com.br

11 98899 9270 | 11 96060 6056

www.carolrosa.com.br

,

J’adore In Joy | Novo Perfume Da Dior


12 • 04 • 2017
por Lala Rudge

Oi meninas,

Ontem, dia 11 de abril, a Dior apresentou J’adore In Joy em um jantar-degustação delicioso inspirado nas notas do perfume. Amei!

O menu foi assinado pelos chefs Juca Duarte, Marcel Bernardi e Marcello Maksoud no restaurante Primeiro Andar, um espaço de experiências gastronômicas privativas (hummmmm). Foi ótimo! Fomos recepcionadas pela diretora da Christian Dior Parfums no Brasil,. Daniela Ota e Betinho Pacheco. Uma noite ‘girls only’.

Um pouco dos looks de quem esteve por lá:

 

E agora o meu look:

(Beauty by Pedro Moreira | Foto: Rodrigo Zorzi)

A fragrância teve seu lendário buquê floral – Jasmim Sambac, Neroli e Tuberosa – redesenhado por uma supreendente nota Flor de Sal e um Ylang Ylang cuja metamorfose foi concebida sob medida por François Demachy, Perfumista-Criador da Dior:

O que vocês acharam?

Beijos,
Lala

 

página 2 de 384