,

Cuidados Com a Pele do Pescoço, Colo e Mãos


06 • 04 • 2017
por Clarissa Rittes

Olá meninas!!!

Hoje falarei sobre mais alguns cuidados com a pele e tratamentos favoráveis para realização durante o inverno. Mais especificamente, abordarei três partes do corpo que geralmente demoramos para notar e nos preocupar: pescoço, colo e mãos. Lembrem que essas regiões também envelhecem, pois além de perderem colágeno, são geralmente bem expostas ao sol e raramente nos atentamos a elas.

Como sabemos, a exposição solar crônica (aquele sol que tomamos na cidade, na rua, no trabalho) é uma das principais causas do envelhecimento da pele e, além de causar um fotodano (dano causado pelo excesso de luz), a longo prazo, pode gerar câncer de pele.

Isso acontece porque os níveis de radiação UVA estão presentes o ano todo, e quando estamos na rotina da cidade, trabalhando, andando na rua, vivendo o dia a dia, muitas vezes, esquecemos do protetor nas áreas que não a do rosto. Infelizmente a radiação UVA faz fotodano na pele, sem deixar um aspecto queimado e só percebemos esse dano depois de alguns anos. Ou seja, o sol que tomamos hoje, em geral leva 10 anos para aparecer nas áreas expostas em forma de manchas, vasos, flacidez e perda de colágeno e, algumas vezes, lesões ásperas que são pré cancerígenas ou câncer de pele (que pode se apresentar em forma de ferida, úlcera, nódulo, ou pinta. Por isso, aconselho além de consultar o Dermato uma vez ao ano para exame de rotina, devemos tomar algumas medidas para prevenir esse fotodano, fazendo o uso, principalmente, do protetor solar diário nas mãos, pescoço , rosto e colo.

A radiação UVA ” fura” nuvens, e está presente em todos os meses do ano, e também nos dias nublados e chuvosos. Além do protetor, para quem já tem fotodano, temos muitas opções para tratar essas áreas.

Nesta coluna focarei no rejuvenescimento das mãos e, na próxima, abordarei o tema ‘pescoço’ e ‘colo’ mais profundamente. Nas mãos, além das manchas e flacidez da pele, muitas vezes, temos perda de volume. Por isso, o Dermato deve sempre avaliar para saber a melhor indicação:

– Para a flacidez, podemos optar entre laser e radiofrequência e, dependendo do caso, podemos associar as duas tecnologias.

– Para manchas e vasos, a luz pulsada é uma excelente opção, pois além de tratar as manchas, estimula o colágeno atuando na flacidez.

– Para os casos de falta de volume, optamos pelo preenchimento, que devolve o volume e aspecto jovem às mãos. Os procedimentos a laser e luz pulsará para mãos e em geral demoram de uma semana a 15 dias para cicatrizar e não podem ser feitos em peles queimadas, bronzeadas do sol ou antes de ir para praia. Por esta razão, por isso o inverno é o momento ideal para eles.

O pós deve ter muita proteção solar, e todos os procedimentos acima devem ser feitos por médicos especialistas, para evitar complicações. Laser, luz pulsada, radiofrequência, são todos tecnologias, porém existem muitas máquinas no mercado, de diversas marcas, e nem todas são eficientes e trazem resultados. Além disso, os mesmos dependem do profissional que está operando o tratamento uma vez que a energia escolhida é realizada por quem aplica a tecnologia. Desta forma, na hora de cuidar da pele, procurem um médico dermatologista capacitado.

Beijos e até a próxima coluna, Clarissa Rittes.

Para mais informações: Tel:. (11) 3045-4167 | IG: @clarissarittes

 

Comente