,

Congresso da Academia Americana de Dermatologia 2018 | San Diego


07 • 03 • 2018
por Clarissa Rittes

Olá meninas!!

Estamos de volta e, como combinamos, hoje vou contar para vocês um pouquinho das novidades do último Congresso da Academia Americana de Dermatologia. que aconteceu na cidade de San Diego, Estados Unidos, entre os dias 16 e 20 de fevereiro.

Na área da beleza, a cada ano temos novas tecnologias, tratamentos e protocolos que melhoram a condição da pele. Atuam diretamente na gordura localizada, nos ajudando a envelhecer com graciosidade.

Em relação aos procedimentos, cada vez mais conseguimos harmonizar e repor volume perdido em pontos específicos, trazendo resultados naturais.

O cirurgião plástico Arthur Swift,  ensinou sua nova técnica “ artística”, na qual através de pontos específicos de sustentação associados a recriação de alguns ligamentos do rosto, perdidos com a idade, conseguimos um efeito lift considerável, usando o mínimo de produto, mas garantindo um resultado natural .

Já os EBD (Energy Based Devices), protocolos novos de ultrassom microfocado tem se mostrado cada vez mais eficientes no tratamento da flacidez facial e corporal, além do efeito lift no contorno do rosto e olhos. A luz pulsada também foi muito citada, tanto no tratamento de doenças (como a melasma e a rosácea), devido ao seu componente vascular, quanto no rejuvenescimento, pois atua tanto na produção de colágeno, como na melhora das manchas e vasinhos.

Lasers como CO2 e Erbium associados à toxina botulínica, bioestimuladores de colágeno e sustentadores injetáveis, também foram citados como melhores opções no tratamento de linhas de expressão que viraram estáticas.

Em relação às doenças, medicamentos em estudo têm se mostrado seguro e cada vez mais eficientes, principalmente em processos inflamatórias graves. Até no melanoma metastático (câncer de pele muito grave), que costuma vir da pinta – já falei sobre ele em colunas passadas – , vimos muitos avanços e novas medicações que estão melhorando muito a sobrevida do paciente. Resumindo, foi maravilhoso!

Esse ano, o Congresso foi rico em novidades estéticas e no tratamento de doenças graves, que prejudicavam muito a qualidade de vida do paciente. A medicina está entrando numa nova era, onde seremos muito mais capazes de tratar e curar doenças que antes não tínhamos muito sucesso.

No campo da estética, fica cada vez mais em evidência que é possível envelhecer com beleza. Porém, para isso, é preciso tratar todos os componentes do envelhecimento. Além de rejuvenescer também, conseguimos através de pequenas mudanças em ângulos e proporções faciais e corporais, criar beleza e proporção. Está cada vez mais forte o conceito de “ BeautiPHIcation”, a beleza através da proporção áurea.

Na próxima coluna, falarei mais detalhadamente sobre o processo de envelhecimento e em quais componentes devemos atuar para criar a beleza em todas as idades.

Espero que tenham gostado!

😘😘

Dra. Clarissa Rittes

Para mais informações: Tel:. (11) 3045-4167 | IG: @clarissarittes

Comente