,

Saiba quais as causas das olheiras e como tratá-las


23 • 02 • 2017
por Clarissa Rittes

Olá meninas,

Conforme o combinado, hoje a coluna será sobre o tema escolhido por vocês, DARK CIRCLES, ou seja, olheiras. Primeiramente, antes de tratar as olheiras é preciso diagnosticar sua causa e para isso, é essencial a consulta médica feita pelo dermatologista. Depois de diagnosticada, iniciamos os tratamentos.

Olheiras: como tratá-las

As principais causas de olheiras são:

1) sulco lacrimal profundo

2) vasos embaixo da pele

3) melanina acumulada na pele

4) flacidez

5) bolsas de gordura

Muitas vezes existe mais de uma causa, como presença de sulco profundo, vasos e flacidez, tudo junto. Neste caso, é preciso tratá-las uma de cada vez até a resolução completa do problema.

O sulco lacrimal profundo se manifesta com uma diferença de relevo embaixo dos olhos, dando um aspecto de cansaço e formando uma sombra. A melhor forma de tratamento consiste no preenchimento com ácido hialurônico. Quando injetado no plano correto, esse procedimento acaba com a diferença de relevo, tirando a “linha” profunda embaixo dos olhos, melhorando imediatamente o aspecto e acabando com a sombra. Esse método é feito em consultório e o tempo de duração depende do produto injetado (existem diversos tipos de ácidos hialurônicos, com densidades diferentes e duram entre 4 meses a 2 anos).

Em relação aos vasos, eles se manifestam com coloração rosa arroxeada ou muito roxa, escurecendo a região. Por estarem profundos, não respondem a cremes, a melhor opção é alternar luz pulsada e laser de neodímio, assim conseguimos atingir vasos pequenos e superficiais, e também grandes e profundos. Muito cuidado, essa região é muito sensível e a escolha da energia e aparelho inadequados, pode causar queimaduras e cicatrizes. Apenas dermatologistas muito treinados tem capacidade de tratar os vasos de forma segura.

Já o pigmento de melanina, que dá coloração marrom na pele, podemos associar luz pulsada, peelings e clareadores. A concentração dos ativos clareadores e peelings deve ser escolhida pelo dermato com muito cuidado pois a região também é muito sensível. A flacidez dependendo do grau deve ser tratada com laser fracionado, resurfacing ou radiofrequência. O número de sessões e melhor opção depende do grau da flacidez, idade e tom da pele. O craquelado causado pela flacidez piora muito o aspecto das olheiras, pois além de envelhecer, concentra o pigmento.

E por fim, as bolsas de gordura podem ser resolvidas com injeção de substâncias que causam a morte das células gordurosas. Essas injeções variam entre 3 a 6 sessões, uma vez ao mês, e a gordura vai sendo destruída camada por camada. Existem também aparelhos de radiofrequência que melhoram a pele, “empurrando” a bolsa para trás e agem também na gordura superficial. Além disso, as bolsas podem ser removidas cirurgicamente.

A melhor indicação para cada caso depende de alguns fatores, por isso, não existe “receita de bolo”, cada caso tem sua prescrição, por isso é essencial consultar seu dermatologista para saber qual o melhor tratamento para você. Espero que tenham gostado!

Beijos e até a próxima coluna, Clarissa Rittes.

,

Aposte no brilho: O melhor truque de maquiagem neste carnaval


16 • 02 • 2017
por Rosman Braz Make and Hair

Garotas, o que vocês andam aprontando para este carnaval?

Vamos combinar que, a praticamente uma semana da temporada de maior folia do ano, é comum ficar meio perdida diante de tantas referências ou até mesmo confusa quando não tem ideia do que usar. Fique sabendo, portanto, que dentre as técnicas de maquiagem, o que mais está em alta é investir no brilho. Quanto mais, melhor! Aproveite que a época permite e se jogue!

Aposte no brilho: O melhor truque de maquiagem neste carnaval

A pele deve estar sempre iluminada, o olho deve se manter bem delineado com muita máscara de cílios e até mesmo um delineador básico pra levantar o olhar. Como sei que a grande maioria de vocês faz parte do time que ousa sem exageros, selecionei algumas inspirações pra cada uma se imaginar aderindo. O grande truque está em inserir o glitter na produção. Vocês podem usá-lo na região dos olhos, na boca, testa, bochechas… Enfim, aonde quiserem e imaginarem. A produção fica um bapho quando bem colorida. E eu, particularmente, acho o máximo quando se escolhe uma região específica pra investir na técnica. Chic e divertido!

Gostaram? Espero que sim!

Invistam nessa ideia e façam uso da criatividade diante do que cada uma tem e pode fazer. Diversão e prudência, acima de qualquer coisa e um feliz carnaval!

Mil beijos, Rosman.

,

Quem sou eu?! A nova colunista do blog!


14 • 02 • 2017
por Gisela Saback

Bom dia, meninas!

Depois de uma conversa com a Lala em um dos nossos almoços, surgiu a ideia de criarmos um espaço no blog para falarmos um pouco sobre vida e hábitos saudáveis! Antes de qualquer coisa, é importante ressaltar que eu não sou nutricionista e nem educadora física, sou apenas amante do esporte e da alimentação saudável e prezo por um estilo de vida reflexo dessas duas paixões.

Meu nome é Gisela Saback, sou baiana (metade paulista) e arquiteta. Tenho 28 anos, peso 49 kg com 1,70 de altura. Magrela? Sim! Já sofri bullying por ter a perna muito fina, o que sempre me tornou um pouco desengonçada.

Sempre fui aquela “falsa magra”, achava que se comesse muito, engordaria por igual (principalmente pernas e bumbum), mas toda a gordura do meu corpo se concentrava na barriga – Barriga, o mal da humanidade.

Sempre amei esportes e, quando criança, era tipo o menino do “Mãe, quero brócolis”! Comia ervilha ao invés de pipoca para ver filme na televisão!

As pessoas me achavam magra, mas a falta de simetria do meu corpo me incomodava muito e eu não me sentia bem comigo mesma. O meu processo foi bastante lento, até porque sempre me alimentei bem, porém sem consciência. Tudo mudou quando procurei conhecer e entender melhor os alimentos (sou curiosa mesmo e “futuco” tudo).

Como eles se classificam, de onde vêm e quais os benefícios/malefícios trazidos para nossa saúde. A partir dai entendi que eu era agente do meu corpo e, principalmente, da minha alma. Passei a conhecer e escutar meu corpo e claro, suar muito a camisa para alcançar meus objetivos. Fácil nunca será, mas com o tempo descobrimos que a chave para o sucesso chama-se EQUILÍBRIO.

Gisela Saback | Blog Lala Rudge

Amo minha rotina alimentar e de exercícios. Treino de segunda a segunda, falto apenas quando meu corpo pede ou imprevistos. Tenho prazer em acordar 5h30 da manhã todos os dias, até porque trabalho o dia inteiro. Como tudo na vida, é preciso ter disciplina e determinação para desenvolver o hábito. No começo é difícil, mas depois que acostumamos e os resultados começam a aparecer, não somente no corpo, mas principalmente na mente, disposição, humor, torna-se um processo natural e prazeroso.

Apesar de estar feliz com meus resultados, não atingi o corpo dos sonhos. Tenho dificuldade em ganhar massa muscular e meu gasto energético é alto. Ainda tenho déficits de alimentação, muitas barreiras para vencer e descobertas a fazer e que podemos fazer juntas! Meu objetivo aqui é inspirar e incentivar mudanças de hábitos, por menores que sejam, para que todas passem a ter mais saúde e qualidade de vida.

Gisela Saback | Blog Lala Rudge

Nos próximos posts, vou contar um pouquinho mais sobre a minha rotina, hábitos, questionamentos, treinos e quero ouvir todas as dúvidas e feedback de vocês também!

Super Beijo, Gi.

página 1 de 67