,

Beleza Consciente com Biossance | Dica de presente para o Dia das Mães


09 • 05 • 2018
por Lala Rudge

Oi meninas, tudo bem?

Vocês já devem ter visto que eu e Vic Ceridono participamos há alguns dias, com a marca Biossance, de um bate papo incrível sobre rotinas de beleza consciente na Sephora Brasil.

Para quem ainda não conhece, a Biossance é uma marca de produtos de beleza, não tóxicos, sucesso absoluto nos Estados Unidos há 2 anos e acaba de pousar em terras brasileiras, à venda com  no site da Biossance Brasil.

Loja online Biossance

Os produtos da Biossance são à base de Esqualano derivado 100% da nossa cana-de-açúcar, que é uma substância que devolve à pele do rosto e corpo os nutrientes necessários para uma derme saudável, com vida e brilho. Além disso, todos os produtos podem ser usados de diversas formas, porque têm mais de uma função.

Eu que já tenho uma rotina intensa de trabalho e eventos, sempre me cuido. Aprendi com minha mãe, que mesmo tendo que correr com o dia a dia agitado, exercitar seu papel de mãe, esposa e dona de casa, com maestria e sempre linda.

Gisela Rudge e eu

As pessoas estão acostumadas a fazer drenagem corporal, mas esquecem do rosto. A drenagem facial é de extrema importância e super-rápida. Enquanto você leva mais de 1 hora para drenar o corpo, a massagem facial é realizada em 15 a 20 minutos. Eu, por exemplo, que incho muito no rosto, faço toda semana.

A linha de tratamento da Biossance é incrível, mas estou apaixonada pelo Óleo Facial de Esqualano com Vitamina C e Extrato de Rosas. Ele pode ser usado após a rotina de limpeza, como um tratamento para melhorar linhas de expressão, dá uniformidade e luminosidade à pele, além de muitas outras funções que estou amando:

  • Pode ser usado antes da make, para proporcionar luminosidade e maior fixação (antes de tudo)!
  • Quando misturado à base deixa a pele mais hidratada, além de dar fluidez e luminosidade ao rosto. O efeito fica maravilhoso e a pele linda o dia todo.
  • Podemos misturar também com pigmentos e iluminadores para criar aquele efeito “molhado”, tipo “glow”, sabem?
  • Passar nos lábios antes do batom para hidratar bem e fixar mais! E ao redor da boca para melhorar a aparência de linhas de expressão nessa região!
  • Além disso, podemos passar também por cima da make (depois de tudo) para dar aquele efeito bem iluminado!!

Gel Hidratante para os Olhos com Esqualano também pode ser usado com frequência. Uma quantidade mínima aplicada ao redor dos olhos, em movimentos circulares, preparam a pele e dão um efeito maravilhoso à make, pois ajudam o corretivo a não craquelar.

Eu e um dos meus produtos favoritos

Por fim, minha dica é cuidar também das mãos, pescoço e joelhos, partes do corpo que envelhecem mais rapidamente. Por isso, devemos dar toda atenção devida à pele. E ainda podendo contar com produtos tão eficientes e de origem vegetal como o 100% Esqualano, não precisamos de mais nada.

Mil e uma funções!! Maravilhoso, né?

Ah!!!! Aproveitando que está chegando o Dia das Mães, confira no site da Biossance kits especiais para o Dia das Mães com até 25% de desconto e você ainda ganha uma linda bolsa!

Espero que tenham gostado das novidades e dicas. Corram no site e tenham um Feliz Dia das Mães!!

#diadasmães #biossancebrasil #belezaconsciente #ad

Beijos,

Lala Rudge

 

,

Como compensar o uso excessivo do salto alto


07 • 05 • 2018
por Equipe Pink Fit

Oi meninas, tudo bem?

Apesar de estar relacionado ao status feminino contemporâneo, o uso excessivo do salto alto pode trazer alterações posturais adaptativas a longo prazo, como:

  • uma anteversão pélvica, que aumenta a lordose lombar;
  • a semi flexão do joelho, que causa encurtamento da musculatura das panturrilha;
  • sobrecarrega até mesmo nosso pescoço,que fica anteriorizado por conta dos ombros que ficam posicionados para trás.

Com o uso do salto há uma maior instabilidade no tornozelo, podendo causar entorses. Essa relação é proporcional tanto ao tamanho quanto a largura do salto, pois com a diminuição do apoio do calcanhar, todo nosso peso corporal é sustentado pela parte anterior dos pés, sobrecarregando a região dos metatarsos e fazendo com que os dedos se abram para aguentar a carga imposta. Porém se usarmos um sapato apertado na região da frente ou de bico fino, os dedos ficarão lateralizados e podem causar lesões na pele, joanetes e calosidades.

Para melhorar este quadro, especialistas recomendam uso de saltos de no máximo 5 cm, que não seja de bico fino, salto mais grossos. Não excedendo muitos dias de uso e horas, variando o tipo do saltos e solados. Além da prática regular de exercícios físicos

Você sabia que o encurtamento da cadeia posterior causado pelo uso excessivo do salto faz com que tenhamos dificuldade em realizar alguns exercícios de membros inferiores como os agachamentos que comprometem a hipertrofia de glúteo?

Seja por falta de mobilidade do tornozelo que se torna rígida para compensar toda instabilidade, fraqueza da musculatura contra lateral, sinergistas e antagonistas como tibiais que podem causar inflamação na canela, duas vezes mais sobrecarga nos joelhos, entre outros problemas.

Por este motivo, a prática regular de exercícios físicos é de extrema importância para compensar todas essas alterações biomecânica e posturais.

Ao praticar atividade física é essencial melhoramos nossa consciência corporal, que nos traz bem estar para aliviar tensões, seja através de liberação de regiões mais rígidas como da panturrilha, alongamentos e fortalecimento para a musculatura antagonista, melhora da mobilidade do tornozelo, exercícios de estabilidade para joelhos, melhora da postura, entre tantos outras técnicas e exercícios que a Pink Fit Training terá o maior prazer em desenvolver para que você viva o seu melhor até mesmo quando você estiver em cima do salto.

Beijos

Equipe Pink Fit

Contato @pinkfittraining | www.pinkfit.com.br | contato@pinkfit.com.br| Tel.: (11) 98274-3422

,

Quando a solidão deixa de ser natural?


07 • 05 • 2018
por Janaína Leão

Oi meninas, tudo bem com vocês?

Vivemos rodeados de informações e muitas vezes fugimos do contato interno por uma escolha (in)consciente. Somos seres humanos sociais, alguns com mais contatos, outros com menos, mas não isolados. A conexão social faz parte da vida e preservá-la nos traz interação social, senso de pertencimento e aprendizado.

Sentir-se só é um sentimento presente na vida de todos e até certo ponto necessário – para autoconhecimento, autodesenvolvimento, reflexões e encorajamento.

Para algumas pessoas o sentimento de solidão é passageiro e para outras pode se tornar crônico.

Estar só é uma escolha consciente e tem a ver com objetivo, desejo… Morar sozinho, fazer uma viagem, praticar atividade física, ir a um restaurante para curtir a sua própria companhia, ter momentos de reflexão, autoconhecimento etc. Todas essas são situações em que a ausência de outra pessoa é algo benéfico. Estamos falando de uma emoção positiva que representa independência, crescimento e maturidade.

Solidão é isolamento, sensação de vazio, que muitas vezes ocorre de maneira inconsciente, ou seja, a pessoa vai se afastando dos outros aos poucos, aumenta a dificuldade de formar vínculos e se isola. Em outros casos, pode estar rodeada de gente e ainda assim se sentir isolada.

A solidão não tem a ver com o número de conhecidos e amigos, e sim com a qualidade das nossas relações. Conectar-se com o outro, compartilhar experiências, sentimentos e planejar objetivos, geram conexões. Você pode estar em um ambiente cheio de pessoas e desconectado delas. É muito comum pessoas famosas relatarem o sentimento de solidão.

Em alguns casos, a solidão é um sintoma que pode estar relacionado com rejeição, abandono, insegurança, sensação de inutilidade, baixa autoestima. Fatores externos também podem causá-la, como a morte de uma pessoa próxima, alguma mudança – de trabalho, de cidade, de estado civil (principalmente se isso acarreta algum tipo de separação, como no caso de divórcio ou viuvez)…

Pesquisas na Europa e nos EUA evidenciam que pessoas que se isolam costumam beber e fumar mais, praticam menos exercícios, dormem mal, correm risco 50% maior de ter morte prematura em relação àquelas que mantêm uma vida amalgamada à de outras pessoas, e também apresentam riscos maiores de ter problemas cardiovasculares e derrames.

Quando a solidão deixa de ser natural?

É necessário verificar o grau de intensidade, frequência e prejuízos relacionados ao isolamento. Pensamentos como “antes eu não era assim”, “desde quando estou com esse sentimento?”, ou “o que ocorreu ou mudou na minha vida?” devem ser levados em conta nessa análise.

A solidão crônica pode ser um indicativo de depressão, ansiedade generalizada, psicose e submissão a bullying.

Fique atento ao seu padrão de pensamento e comportamento. Geralmente, quem vive na solidão acaba distorcendo a própria atitude e a do outro, não reconhece o seu isolamento e acredita que os outros se distanciam. Quando um comportamento começa a ser repetitivo em outras áreas da sua vida, olhe para si e perceba o que você está fazendo para que isso ocorra.

E lembre-se de que existe uma diferença entre solidão e depressão. Solidão é um conjunto de sentimentos negativos – rejeição, abandono, inutilidade, insegurança – que surge a partir de situações do dia a dia. Importante deixar claro que ninguém nasce com sentimento de solidão – ele é construído. A depressão, por outro lado, é uma psicopatologia que se manifesta na vida da pessoa e inclui muitos outros sintomas além da solidão, como falta de motivação, apatia, irritabilidade, profunda tristeza, ansiedade, esquecimento, falta de prazer, cansaço, pessimismo.

Estar só é uma escolha. Sentir-se sozinho faz parte da vida. Agora, buscar o isolamento é sintomático.

Boa reflexão!!!

Beijos e até a próxima coluna,

Janaína Leão: Psicóloga e Coach

@psicologa_coach   |    janaina@janainaleao.com.br     |    www.janainaleao.com.br

página 3 de 1251