TREINAR COM PRAZER!!!


22 • 05 • 2017
por Michelle Amorim

⁠⁠Olá meninas!

Muitas pessoas não amam treinar, porém amam os resultados…

Seguem algumas dicas para a malhação ficar mais prazerosa.

A Música:
Quando você pratica exercícios escutando música, fica mais divertido e animado! E tem mais uma vantagem:
uma pesquisa da University of Wisconsin, nos Estados Unidos, descobriu que pessoas que malham ouvindo música queimam até 7% de gordura a mais do que as que praticam atividade em silêncio. Então, escolha suas musicas favoritas e faça uma lista para treinar. Música animadas te darão mais energia e o tempo passará mais rápido.

Treinar com uma amiga:
Eu particularmente amo essa prática, convidar uma amiga para treinar. Será uma animação, vocês vão colocar o papo em dia, darão muitas risadas, melhorarão a saúde e atingirão as metas juntas!

Também nos Estados Unidos, descobriram que quem vai à academia com uma amiga, aumenta a força e a intensidade do treino em até 200%. A companhia vai ajudar na motivação e no comprometimento: quando uma desanima a outra puxa e assim faz bem para alma e à saúde.

Se programar e se preparar para treinar:
Se sentir bonita ajuda bastante a motivar-se ao treino.
Comprar uma roupa bonita e confortável pode parecer superficial, mas quando você se olha no espelho e se sente bonita, já terá mais ânimo para começar a treinar e terá melhora na autoestima (esqueça o moletom e a camiseta GG do namorado).

Local bonito e agradável para treinar:
Escolha um parque, praia, uma praça ou uma academia que tenha um ambiente agradável.
Você sentirá prazer em praticar atividade física nesses lugares e seu cérebro terá uma boa memória na próxima vez que se organizar para treinar.
Sentirá prazer em sair para sua prática.

Espero que gostem e pratiquem!

Grande beijo, Michelle.
Contato @pinkfittrainingwww.pinkfit.com.br | contato@pinkfit.com.br| Tel.: (11) 98274-3422

,

Como Manter Atitudes Saudáveis Nas Férias E Aproveitar Os Bons Momentos


19 • 05 • 2017
por Gisela Saback

Meninas,

Bom dia, tudo bem??

E o susto que da quando a gente percebe que estamos quase em junho?

Junho e julho são meses de férias e acho legal abordar esse assunto! Ao invés de usarmos as férias como desculpa para sair da linha, está na hora de fazermos o contrário, não acham? Porque não manter a linha antes e durante as férias?

Começamos no pré ferias, ou seja, aquele mês antes da viagem para dar uma desinchada. Ter uma meta é sempre motivador para quem vai iniciar uma dieta ou mudança de hábito, portanto, mesmo que você não tenha uma viagem em mente, mentalize que tem, finja que as passagens estão emitidas. Além de estabelecer um foco, a lei da atração ainda joga a seu favor. Você certamente vai acabar viajando como mentalizou, acreditem, nossos pensamentos tem poderes!!

Esse período é para ter consciência, como há tempos venho frisando. É sim para pensar desde o acompanhamento do cafezinho até a sobremesa cheia de açúcar e calorias depois do jantar. Vale mesmo a pena comer? Vale a pena beber em plena terça feira no happy hour da empresa? São escolhas. Tudo na vida tem um ônus e o bônus. O ideal é se imaginar linda, magra e disposta onde quer que você esteja. Já falamos sobre melhores escolhas, lembram do post? Hora de colocar em pratica!

Durante a viagem, é importante aproveitar a cultura local, mas tudo na vida precisa de equilíbrio e são essas decisões que fazem toda a diferença.

Colocar um tênis de corrida e roupa de academia na mala são os primeiros passos. Você pode comer aquele fondue maravilhoso, mas porque não acordar no dia seguinte para correr, andar, se exercitar?

Em Viagens comemos fora todos os dias, priorize uma das refeições para salada, grelhados e legumes, essas são opções que encontramos em qualquer lugar e sempre que possível, evitem couvert. Qual a necessidade de comer pão com manteiga antes da refeição? Você não faz isso em casa, então pulem essa etapa. Peçam uma entrada mais leve como tartar, burrata, saladas, não conto calorias, mas neste caso, não vale a pena gasta-las! rs

Quando puder subir de escada, evite elevador. Andem bastante, se ocupem com a beleza local, arquitetura e paisagem, a viagem não deve ser 100% focada em comida! Bebida alcoólica idem. Ao invés de beber no almoço e no jantar porque não escolher um dos períodos para apreciar um vinho diferente o um drink local? Penso que desta forma conseguimos manter a linha e o equilíbrio tão desejado. Não adianta ser tão radical no pré ferias e chutar o balde durante as ferias. Manter é fundamental.

Uma forma de não errar nas escolhas é sempre optar por comida de verdade. Na dúvida, quanto menos industrializado melhor. Frutas, legumes, saladas, oleoginosas, ovos são excelentes opções, tanto para lanches como café da manhã. Água, muita água sempre, principalmente quando for ingerir bebidas alcoólicas. Sou daquelas que a cada taca de vinho, 2 copos de água! rs

O pré férias pode ser mais restritivo mas temos que ter em mente que vamos compensar durante a viagem. Isso é maravilhoso. Um dia que você queira comer aquele bolo delicioso, o pãozinho com manteiga do couvert e ainda tomar todas com a família, faça! Não é isso que vai te engordar e as memórias deste dia provavelmente serão inesquecíveis. Essa é a razão pela qual você se esforçou tanto antes, não é mesmo? Temos que nos recompensar também. Nós merecemos ser reconhecidas pelas nosso próprios esforços, nos cobramos demais o tempo inteiro.

Então vamos começar a nos organizar para as férias? Nada de desculpas para não praticar exercícios físico! Lembram dos 30 minutos todos os dias?! Já falei e repito, a pratica de exercícios regulares libera os hormônios endorfina e dopamina, responsáveis pela modulação do nosso humor, auto estima, resistência e concentração. Porque não criar um hábito que só nos traz benefícios? Atenção para o que comemos, inclusive durante as ferias. Precisamos nutrir nosso cérebro, coração e corpo. Pense na sua fome e não no ato involuntário, mecânico de comer. É um exercício, mas vale a pena! Se reeduque, uma viagem pode ser um desafio para você testar o seu equilíbrio! Tenho certeza que valera a pena!

Não tem segredo, tanto antes como durante as férias lembrem sempre:

– Exercícios regulares

– Balancear as refeições (Compensação)

– Muita água

– Bebida com moderação

– Alimentação consciente

– Comida de verdade

Beijocas

Gi Saback

@giselasaback

,

Precisando melhorar ou fortalecer seu relacionamento?


16 • 05 • 2017
por Luciana Panteleiciuc

Olá meninas, tudo bem?

Como anda seu relacionamento íntimo? Bom? Ruim?

Hoje quero falar sobre polaridade feminina e masculina e como podemos usar estas energias a nosso favor e criar relacionamentos felizes e duradouros. Vamos lá?

Alexandre chega em casa depois de um dia difícil no trabalho. Ele fala com a sua esposa Luiza, sobre os desafios que ele teve com seus colegas de trabalho e seu chefe. Ela ouve e o conforta sentindo sua dor e falando como deve ser frustrante o que ele passou. Alexandre se sente acolhido e os dois estão em sintonia energética e no relacionamento.

Luiza chega em casa depois de um dia difícil no trabalho. Ela fala com seu marido Alexandre sobre isso. Ele, como a maioria dos homens é focado em resolver problemas. Ele corta ela antes que ela termine de contar sobre seus problemas e traz a solução, ensinando-a como ela pode resolvê-los. Tudo que ela queria era ser ouvida. Ela fica cada vez mais chateada. E sai de cena triste dizendo que ele não “entende” ela.

O que aconteceu em cada situação? No primeiro cenário, a energia feminina é alta, capacidade de ouvir, criar empatia se colocando no lugar do outro e afinidade de sentimentos. A energia masculina é baixa, então o casal é facilmente capaz de estabelecer um equilíbrio de energias.

Entretanto, no segundo cenário, a energia masculina é alta, ou seja, capacidade de resolver problemas, foco, determinação, coragem e ação. E a energia feminina é baixa, o que faz surgir, neste caso, desafios. Luiza quer ser ouvida, Alexandre quer resolver seu problema! Por que é isso acontece? E que tipo de mudança permitirá que Luiza e Alexandre se conectem um com o outro?

Aqui está o segredo: no jogo da vida do relacionamento íntimo você tem que conhecer e entender o que é energia feminina e masculina. Se você dominar isso, vai mudar tudo.

COMPREENDENDO AS DIFERENÇAS BÁSICAS

Homens masculinos e mulheres femininas são espécies praticamente diferentes. A força feminina tem algo que um homem extremamente masculino jamais entenderá. Ou seja, as mulheres experimentam tudo o tempo todo. A razão para isto é porque o cérebro feminino tem o que é chamado de “consciência difusa” – um instinto biológico que faz com que as mulheres estejam inteiramente cientes do que acontece a sua volta o tempo todo. Esse instinto começou a milhares de anos como uma questão de sobrevivência, e evoluiu para uma necessidade profunda de mulheres de conversar, compartilhar e descobrir o que elas estão sentindo. Até mesmo algo tão comum como falar no telefone é um meio de satisfazer esse instinto. Na verdade, as mulheres podem conversar por horas e, em seguida, nem mesmo lembrar os detalhes. Porque não se trata do conteúdo, trata-se de conexão e compartilhamento. Elas compartilham seu problema porque precisam de conexão. Ela quer que seu homem a sinta. Ela quer que seu homem mostre que ele entende suas emoções.

A energia masculina, por outro lado, não quer compartilhar problemas, quer resolvê-los. Então um homem muito masculino vai pensar: “O que há de errado com você? Por que você continua falando sobre esse problema? Por que você não faz algo para resolvê-lo?

Um homem masculino simplesmente não estará naturalmente aberto para entender as emoções femininas neste momento. Mas quando um homem não faz isso, a mulher se sente rejeitada. Ela se sente sozinha e ela o vê como arrogante e insensível. Ela pensa: “Ele acha que ele é melhor do que eu. Ele não se importa comigo.” Sim, isso pode ser verdade para a mulher, mas não é verdade em um mundo masculino.

Por outro lado, o homem se sente frustrado com a insatisfação da mulher, ele tende a criar significados ruins. Ele pode pensar que sua mulher não confia nele ou não vai deixá-lo resolver o problema. Ele pode pensar que a mulher não acredita que ele pode resolver o problema, ou que ele não é capaz de fazê-la feliz. E, em última instância, o homem vai pensar: “Nada que eu faço é bom, isso nunca vai funcionar. Eu não poderei nunca fazê-la feliz. Nada a fará feliz.” Mas quando um homem começa a pensar assim, o relacionamento está em perigo. O relacionamento não está crescendo, e se não há progresso no relacionamento, ele está morrendo.

Veja, o problema não é o que cada um está fazendo ou deixando de fazer, mas é o significado que você e ele estão dando para isso – e não é verdade. Nós pensamos que os homens são como mulheres e as mulheres são como homens. Mesmo que intelectualmente saibamos que não, quando nossos parceiros fazem qualquer coisa, nós interpretamos errado, ou seja, através das lentes do nosso mundo feminino.

O QUE FAZER?

O homem faz uma coisa de cada vez. Esse é o cérebro masculino – foco puro. Mas uma mulher tem o poder de se concentrar em tudo simultaneamente, ela quer ser ouvida e se sentir compreendida – que é o que lhe traz cura. Se um homem aprender a ouvir, e aprender a apreciá-la e a forma como seu cérebro funciona, isso se tornará uma das ferramentas mais poderosas em um relacionamento.  Assim uma mulher se sente compreendida e valorizada.

Isso vai exigir que você tenha mais presença e compaixão, que você dê um passo para trás e avalie toda a situação, mesmo quando você se sente injustamente tratada. Isto é, quando você dominar sua emoção e o significado que você atribui a experiências e eventos em sua vida, tudo vai mudar, para melhor. Para concluir, entenda que dominar as energias feminina e masculina vão lhe fazer estar mais conectada com o seu parceiro, mais do que nunca.

E ATENÇÃO: não tenha vergonha de pedir ajuda. O Coaching é muito poderoso e pode te ajudar a chegar onde você quer mais rápido e com mais precisão. Você precisa de direcionamento, de estratégias, de ferramentas. Não estamos aqui para chegar onde queremos sozinhas. A ajuda de um mentor é muito poderosa.

Envie um e-mail para coachlupante@gmail.com e coloque no assunto: ”Sou leitora do Blog da Lala Rudge” e peça mais informações sobre o meu programa exclusivo de Coaching para Mulheres.

* Luciana Panteleiciuc é master coach e mentora de Liderança Feminina, escritora e palestrante, possui uma carreira de mais de 30 anos como executiva desenvolvendo, gerindo e liderando pessoas. Graduada em Administração de Empresas pela FAAP com especialização em marketing, é formada em Coaching pelo Instituto Holos. É sócia-diretora da Binah Marketing, consultoria de desenvolvimento humano e marketing, além de ser responsável pelo site https://www.coachdemulheres.com.br/.

Um beijo,

Lú Panteleiciuc

IG: @coachlupante | Fb: Coach Lu Pante | Youtube: Canal LuPanTV 

 

página 1 de 387