Todos os artigos por Gisela Saback

,

Como Manter O Equilíbrio Através Da Meditação E Da Respiração


31 • 05 • 2017
por Gisela Saback

Olá meninas,

Medite, inspire e vá além!

O post de hoje será sobre uma prática bastante importante, porém muito recente na minha vida, a meditação.

Há alguns meses, senti a necessidade de trabalhar a mente além do corpo. Passei por um turbilhão de mudanças na minha vida no que tange a profissão, metas e propósitos e senti a necessidade de algo que pudesse acalmar minha ansiedade, meus medos e anseios, porém, como a maioria das pessoas, fui reativa quanto a prática da meditação. Antes mesmo de tentar eu já dizia para mim mesma que jamais conseguiria.

Por coincidências da vida, foi neste momento que conheci o Thi Arruda, meu atual life trainer, o qual conseguiu romper esses paradigmas que eu criei sobre a meditação e me mostrou que qualquer ser humano é capaz de meditar, basta ter vontade, foco e determinação.

  1. Ter vontade
  2. Procurar um profissional sério para lhe assessorar
  3. Ter disciplina e auto-suficiência para todos os dias treinar a meditação

Em função da minha fase de vida, primeiro trabalhamos a meditação e a respiração como ferramentas para aumentar a vitalidade, foco e inteligência emocional, mas ao longo das aulas, o treinamento se mostrou como uma ferramenta que me proporciona autoconhecimento e que me auxilia a ter mais percepção sobre meus obstáculos, medos e principalmente, sobre como lidar com eles.

Uma vez eu li que “…é libertador quando suas opiniões são o que realmente importa, e que se você espera que o outros te indiquem o caminho a seguir o tempo inteiro, nunca vai se sentir plenamente realizado. Quando você confia em si próprio, fica fácil alcançar a plenitude e se tornar mais confiante”.  Isso fez todo o sentido quando passei a meditar, principalmente pelas manhãs, pois é o momento que eu consigo me conectar com os meus propósitos, objetivos e essência, sem dar tempo e espaço para fatores que me dispersam, como medos, opiniões e julgamentos alheios. É uma dádiva quando conseguimos deixar de ser escravos das dispersões. Não digo que já consegui e talvez nunca consiga 100%, mas estamos trabalhando a minha mente para isso. E a caminhada já é bem gratificante.

Segundo o Thi Arruda, “no processo de autoconhecimento e desenvolvimento interno, precisamos ter uma visão integral sobre nossa estrutura física, emocional e mental. A partir dai, precisamos fazer um trabalho de fortalecimento de todas essas estruturas, como por exemplo: aumentar a força e a flexibilidade, aumentar a quantidade de energia – vitalidade, e principalmente, fazer um trabalho de limpeza da estrutura emocional e mental, num primeiro momento, tudo isso promoverá um aumento da qualidade de vida, do foco e da performance perante seus projetos e sonhos.

A partir dai, num segundo momento, esse desenvolvimento integral será capaz de alavancar o seu desempenho para um novo nível, isto é, fazer você ir além dos próprios limites, rompendo os padrões que te limitam e expandindo os potenciais necessários para que você possa desfrutar de sua melhor versão.”

Acredito muito no cuidar da mente e venho batendo nessa tecla há algum tempo. Vivemos na era da preocupação excessiva com o corpo, cheia de radicalismos e extremismos. Porém, em minha visão, fazendo uma analogia com esse momento da musculação, não adianta trabalharmos um único músculo, pois certamente não traria simetria ao corpo e nem seria esteticamente favorável, certo?

Uma vez que passamos a compreender que é preciso trabalhar o conjunto e não fatores isolados, temos o início para um bom desenvolvimento interno.

Corpo e mente estão 100% interligados, todos os pilares precisam estar firmes, caso contrário desequilibra. Como disse o Thi, “de nada adianta termos um business perfeito ou um corpo perfeito, e não cuidarmos do background, ou seja, daquilo que esta oculto, mas que sustenta toda estrutura“.

 om carinho,

Gi Saback

@giselasaback

,

Como Manter Atitudes Saudáveis Nas Férias E Aproveitar Os Bons Momentos


19 • 05 • 2017
por Gisela Saback

Meninas,

Bom dia, tudo bem??

E o susto que da quando a gente percebe que estamos quase em junho?

Junho e julho são meses de férias e acho legal abordar esse assunto! Ao invés de usarmos as férias como desculpa para sair da linha, está na hora de fazermos o contrário, não acham? Porque não manter a linha antes e durante as férias?

Começamos no pré ferias, ou seja, aquele mês antes da viagem para dar uma desinchada. Ter uma meta é sempre motivador para quem vai iniciar uma dieta ou mudança de hábito, portanto, mesmo que você não tenha uma viagem em mente, mentalize que tem, finja que as passagens estão emitidas. Além de estabelecer um foco, a lei da atração ainda joga a seu favor. Você certamente vai acabar viajando como mentalizou, acreditem, nossos pensamentos tem poderes!!

Esse período é para ter consciência, como há tempos venho frisando. É sim para pensar desde o acompanhamento do cafezinho até a sobremesa cheia de açúcar e calorias depois do jantar. Vale mesmo a pena comer? Vale a pena beber em plena terça feira no happy hour da empresa? São escolhas. Tudo na vida tem um ônus e o bônus. O ideal é se imaginar linda, magra e disposta onde quer que você esteja. Já falamos sobre melhores escolhas, lembram do post? Hora de colocar em pratica!

Durante a viagem, é importante aproveitar a cultura local, mas tudo na vida precisa de equilíbrio e são essas decisões que fazem toda a diferença.

Colocar um tênis de corrida e roupa de academia na mala são os primeiros passos. Você pode comer aquele fondue maravilhoso, mas porque não acordar no dia seguinte para correr, andar, se exercitar?

Em Viagens comemos fora todos os dias, priorize uma das refeições para salada, grelhados e legumes, essas são opções que encontramos em qualquer lugar e sempre que possível, evitem couvert. Qual a necessidade de comer pão com manteiga antes da refeição? Você não faz isso em casa, então pulem essa etapa. Peçam uma entrada mais leve como tartar, burrata, saladas, não conto calorias, mas neste caso, não vale a pena gasta-las! rs

Quando puder subir de escada, evite elevador. Andem bastante, se ocupem com a beleza local, arquitetura e paisagem, a viagem não deve ser 100% focada em comida! Bebida alcoólica idem. Ao invés de beber no almoço e no jantar porque não escolher um dos períodos para apreciar um vinho diferente o um drink local? Penso que desta forma conseguimos manter a linha e o equilíbrio tão desejado. Não adianta ser tão radical no pré ferias e chutar o balde durante as ferias. Manter é fundamental.

Uma forma de não errar nas escolhas é sempre optar por comida de verdade. Na dúvida, quanto menos industrializado melhor. Frutas, legumes, saladas, oleoginosas, ovos são excelentes opções, tanto para lanches como café da manhã. Água, muita água sempre, principalmente quando for ingerir bebidas alcoólicas. Sou daquelas que a cada taca de vinho, 2 copos de água! rs

O pré férias pode ser mais restritivo mas temos que ter em mente que vamos compensar durante a viagem. Isso é maravilhoso. Um dia que você queira comer aquele bolo delicioso, o pãozinho com manteiga do couvert e ainda tomar todas com a família, faça! Não é isso que vai te engordar e as memórias deste dia provavelmente serão inesquecíveis. Essa é a razão pela qual você se esforçou tanto antes, não é mesmo? Temos que nos recompensar também. Nós merecemos ser reconhecidas pelas nosso próprios esforços, nos cobramos demais o tempo inteiro.

Então vamos começar a nos organizar para as férias? Nada de desculpas para não praticar exercícios físico! Lembram dos 30 minutos todos os dias?! Já falei e repito, a pratica de exercícios regulares libera os hormônios endorfina e dopamina, responsáveis pela modulação do nosso humor, auto estima, resistência e concentração. Porque não criar um hábito que só nos traz benefícios? Atenção para o que comemos, inclusive durante as ferias. Precisamos nutrir nosso cérebro, coração e corpo. Pense na sua fome e não no ato involuntário, mecânico de comer. É um exercício, mas vale a pena! Se reeduque, uma viagem pode ser um desafio para você testar o seu equilíbrio! Tenho certeza que valera a pena!

Não tem segredo, tanto antes como durante as férias lembrem sempre:

– Exercícios regulares

– Balancear as refeições (Compensação)

– Muita água

– Bebida com moderação

– Alimentação consciente

– Comida de verdade

Beijocas

Gi Saback

@giselasaback

,

Semana De Mudanças | Pequenas Transformações No Corpo E No Condicionamento Físico


08 • 05 • 2017
por Gisela Saback

Bom dia, meninas!!

Como muitas já viram, essa foi uma semana de mudanças! Mudei de academia, mudei de treino e estou com todo o gás para fazer algumas pequenas transformações no meu corpo e condicionamento físico.

Há um tempo, fiz uma aula experimental de BootCamp na Sett Academia. “O BootCamp, de origem americana, tem aumentado a popularidade mundo a fora e nada mais é do que um treino composto por atividades de alta intensidade e circuitos com exercícios que utilizam pesos livres e movimentos funcionais.”

A aula inicia com uma atividade aeróbica (esteira, remo ou bike). Ao final de cada tempo, todos os participantes começam um circuito intercalado de musculação e exercícios funcionais. Durante o treino, todos os alunos passam pelos três ergômetros (esteira, remo e bike). Me apaixonei e não consegui parar de frequentar não só o BootCamp mas a Sett Academia, que oferece a aula livre a partir da compra pelo site (explico durante o texto como comprar) ou como opção de aula inclusa no plano para aqueles que, como eu, querem mudar estímulos!

E por que eu acabei mudando para a a Sett? Lá eu consegui compilar todas as modalidades do meu interesse em um só lugar e ainda ter treinamento individualizado. Em conversa com o Flavio Settani, meu agora coach e fundador da academia, contei sobre os meus medos e futuras metas para o meu corpo. Ele rapidamente me convenceu de que juntos, com muito suor e foco, vamos alcançar nossos objetivos.

Mas Gi, qual o seu real desejo hoje? Apesar de muito feliz com meu corpo, me desafiei a ganhar um pouco de massa magra nos membro inferiores. Apenas o suficiente e para dar simetria ao meu corpo em função do meu ombro largo e cintura fina. Para membros superiores e abdômen, desejo tonificar e definir, além de melhorar minha postura.

Aproveitando o gancho do post passado, fiquei “traumatizada” com musculação e suplementação, pois achava que novamente ficaria inchada, “grande”. Desde o ano passado, fui perdendo esse medo, até porque obtive resultados muito positivos. Meus músculos tonificaram, passei a sentir a pele mais rígida, com formas até então inexistentes, fora que meu preparo físico melhorou muito.

O Flavio me explicou que o processo de desenvolvimento de um treino é INDIVIDUALIZADO e pode ocorrer de diversas maneiras.

Quando o objetivo é atingir um alto nível de hipertrofia, você chega ao limite da exaustão, que irá estimular o crescimento da massa magra.  Já um treino de circuito, como é o BootCamp, por exemplo, visa o tônus/ definição, são uni articulares e não tem grande potencial de hipertrofia”,  disse ele.

Portanto, não  podemos ter medo de musculação, temos que ter a certeza de que estamos com profissionais que entendem nossas necessidades.

Vale ressaltar que o aumento de massa que tive foi em função da combinação de alimentação, muita suplementação e treino voltado para hipertrofia, meu então objetivo na época. A combinação consciente desses 3 itens é que irá gerar resultados.

Meu novo treino, visando os objetivos citados acima, será MISTO. Em dias de perna e glúteo estou proibida de fazer o BootCamp ou aeróbicos de alta intensidade, mas farei Pilates, ferramenta que irá trabalhar a musculatura profunda, com intuito de melhorar minha postura e o fortalecimento do core (O “core” é o centro do nosso corpo. É o conjunto de músculos responsável pelo nosso equilíbrio e pela adequação postural do tronco em qualquer movimento).

Aos poucos vou mostrando tudo para vocês!! Estou muito animada e ainda mais motivada. Durante muito tempo não tinha metas, ia para academia porque amo e porque sei da importância de praticar exercício físico, mas quando surge um propósito, um foco, é ele quem vai nos estimular a dar sangue para alcançá-lo.

Falo muito da importância de respeitar o corpo, trabalhar a alma além da estética e sigo firme com esse conceito. O resultado vai muito além da estética, ele vem através do alcance da disciplina, forca, determinação e foco.

PS: Para quem deseja fazer aulas avulsas de BootCamp, elas podem ser compradas avulsas ou planos mensais através da compra de SETT COIN (cada SETT COIN equivale a um treino). Segue o site para compra e ou informações: www.bootcamp.com.br ou www.settacademia.com.br

Beijocas e vamos com tudo!

Gi Saback

@giselasaback

página 2 de 4