Todos os artigos por Gisela Saback

,

Treino Novo e Intenso | Até a falha


09 • 11 • 2017
por Gisela Saback

Meninas, tudo bem?

Hoje queria contar um pouco sobre meu novo treino de musculação. Quando posto os meus vídeos, muitas de vocês comentam sobre quantidade de carga e número de repetições do meu treino. Também há aquelas que morrem de medo da musculação, focando apenas no aeróbio.

Após começar a treinar com o Cássio Fidlay, meu personal, aprendi algumas coisinhas importantes: Primeiramente, a musculação não vai me deixar grande, forte demais e com aspecto de “bombada”. Outra, é que o músculo não sabe contar, portanto, muitas vezes ficamos presos ao número de séries e repetição estipuladas e acabamos limitando o nosso potencial.

Segundo o Cássio, o treino escolhido para a minha periodização deste mês, foi um treino mais intenso, porém sem um número exato de repetições, mas com uma média para que eu chegue em uma fadiga muscular exaustiva.

“A fadiga, nada mais é, que um esforço extremo e repetitivo do músculo. Como a Gi é muito forte, apesar do seu corpo ser slim, um treino com regras de repetições, neste momento, poderia barrar um ganho de massa muscular considerável, pelo simples fato de ela aguentar mais e ter que parar porque já deu o número estipulado”, enfatiza ele.

Como sempre falo, é muito importante o acompanhamento de um profissional qualificado da área. Como o Cássio mesmo disse, este treino tem um tempo determinado. O corpo se adapta a tudo, por isso é mais do que obrigatório uma periodização exata de treinos para conseguir evoluir.

Sozinha eu jamais conseguiria executar esse treino. Confio muito no Cássio e sei que preciso de estímulos como esse para potencializar meus resultados. Apesar de ser um treino muito cansativo, tenho gostado bastante dos resultados, e está apenas começando!!

Beijocas

Gi Saback

@giselasaback

,

PROJETO VERÃO X PROJETO VIDA


18 • 10 • 2017
por Gisela Saback

Oi meninas,

Já estamos em meados de outubro e agora começa a correria dos desesperados para o famoso “projeto verão”. Quem nunca, não é mesmo?

Sempre falo para as minhas amigas e faço questão de enfatizar nos meus posts que nada é de um dia para o outro. Definitivamente, não existe corpo dos sonhos em dois meses. Dieta e malhação são pautados em consistência, frequência e persistência, para inicio de conversa. Fechar a boca um mês antes de viajar para a praia vai dar um susto no organismo e aquela secada que todos desejam? Talvez. Mas e depois?

Não acho que todos precisam ser iguais e devam se alimentar da mesma forma, seguir uma rotina de treino carregada, acho apenas que aplicar um projeto vida é muito mais interessante do que um projeto verão.

Cuidar do copo de dentro para fora é incrível e acreditem, um caminho sem volta. Ter o corpo bacana, magro, é consequência desse cuidado. Parece hipocrisia minha, que obviamente me preocupo bastante com estética, mas não é. Aprendi a amar comer saudável e me sinto bem desta forma. Hoje me permito comer uma besteira ou outra, mas 85% do tempo me alimento de forma leve, pelo simples fato de me fazer feliz.

Entendam meu ponto, pois não estou falando de radicalismo. Mesmo porque, não acho bacana ser extremista. Não deixo de ir em eventos sociais (com a quantidade de casamentos que ando tendo, seria praticamente impossível), mas já falei aqui antes que é tudo uma questão de escolhas.

Pegando o gancho dos casamentos, se sei que vou beber no fim de semana, não bebo durante a semana e quando estou no casamento, continuo optando por saladas, carnes magras, legumes, frutas (adoro roubar as frutas do barman das caipirinhas  – muito melhor do que atacar a mesa de doces). Acreditem, sempre encontramos opções saudáveis hoje em dia. Comer a frutinha da caipirinha não exclui o doce, a questão é não comer 10 e sim selecionar aquele que você mais ama e apreciá-lo. Muita coisa mudou na minha vida depois que eu aprendi a diferença entre fome e vontade de comer. Pensem, reflitam antes de comer, faz toda a diferença.

Basicamente, evito farinha branca, fritura açúcar e industrializados. Doce ilusão achar que nos restaurantes não usam óleo, manteiga, sal e açúcar em situações que nem imaginamos, mas faz parte, amo jantar fora e não vou morrer, muito menos engordar por isso. Durante a semana mantenho minha rotina, justamente para não entrar em paranoia quando estou com meu namorado ou amigos em eventos sociais.

Concluindo a questão do projeto verão, que ao meu ver é inconsistente, porque não aproveitar e transformá-lo em projeto vida? O resultado é no longo prazo, mas é duradouro e os benefícios são infinitos. Vai além de emagrecer para o réveillon, estamos falando de saúde, auto estima, bem estar, humor, disposição entre muitos outros.

O #ProjetoGiSaback é pautado nisso. Não em datas especificas, não foi feito para durar 2, 3, 6 meses, ele não tem prazo de validade. Estamos falando de mudanças de hábitos, de mudança de comportamento, de escolhas (exemplo do casamento), estamos falando de saúde. Alguém disposto a começar?

Com carinho,

Gi Saback

@giselasaback

,

Dieta, Treino e Resultados


08 • 08 • 2017
por Gisela Saback

Oi, meninas, tudo bem?

Assim que sai da nutri, há pouco mais de 1 mês, contei para vocês sobre meus objetivos e detalhes da dieta nova. Introduzimos carboidratos nos lanches e demos enfase no pré e pós treino. O objetivo, como falei, era ganho de massa magra, porém sem ganho de gordura.

Falo muito da importância de ter profissionais qualificados em quem podemos confiar e acreditar. Isso fez toda a diferença no meu processo. Ninguém chega a lugar algum sozinho. E nesse caso, foi um conjunto de forças que gerou resultado.

A Yana Glazer, minha nutri, me passou a dieta e eu confiei: passei a me regrar para não ficar mais de 3 horas sem comer, tomei as dosagens corretas de suplementos, introduzi carboidratos em refeições como lanche da tarde e café da manhã; simplesmente confiei no plano que ela me propôs e segui a risca.

O Cassio Fidlay, meu personal, foi muito duro com relação aos treinos e me pediu que desse um tempo no aeróbico durante esse período. Passei a fazer musculação quatro vezes na semana e aeróbico duas (quarta e sábado). Domingo OFF, porque o músculo precisa descansar, não é mesmo?

Antes de começar esse acompanhamento eu fazia musculação e cardio praticamente todos os dias e me alimentava muito pouco para o meu alto gasto energético. Resultado: Fiquei magrinha e com pouco músculo. Com isso, o ganho de massa muscular, antes de ser uma questão estética, tornou-se uma questão de saúde.

No meu retorno com a Yana, tive a felicidade de ver que engordei 1kg de massa magra, mesmo comendo mais e treinando por menos tempo, porém com mais intensidade (menos aeróbico, mais musculação) e ainda perdi 1kg de gordura. Consequentemente, baixei meu percentual de gordura. Ela me deu nota 9,9, só para eu não ficar me achando muito! rsrs

É uma somatória de forças. Não adianta ter dieta e não ter treino, e não adianta ter ambos se não existe comprometimento e força de vontade. Um complementa o outro. Quando digo que dieta e treino são individualizados é a mais pura verdade.

O meu intuito é inspirar vocês e mostrar o meu lifestyle, minhas conquistas, meus objetivos, mas cada um responde de uma forma. Procurem sempre um profissional, ele vai te nortear e, juntos, vocês irão entender como o corpo reage à novas dietas e exercícios, para chegar no objetivo final, porque nem sempre acertamos de primeira.

Mas falado do meu retorno na nutri, pouquíssimas coisas mudaram. Como vou viajar no final de agosto, mantivemos praticamente a mesma dieta, porém introduzimos 100g de carboidrato no almoço. Os treinos permanecem os mesmos, e em setembro vamos modificar. Os aeróbicos serão alternados entre corrida e aulas de Bootamp.

Se vocês me perguntarem a lição principal disso tudo, apesar de ter sido apenas um mês, diria que foi entender que excesso NÃO é sinônimo de resultado e comer com consciência e sem medo NÃO engorda. Não adianta fazer milhões de atividades na academia, porém sem qualidade, assim como não adianta ter medo de comer e viver aprisionado em dietas restritivas e sem fundamento.

Procurem um profissional da área. Se cerquem de pessoas que vocês possam confiar e sejam consistentes. Nada é da noite para o dia. Todo resultado e conquista exige entrega, esforço e dedicação.

Super beijo e vamos em frente que ainda temos 2kg de músculo para ganhar!!

Gi Saback

@giselasaback

página 1 de 5