Todos os artigos por Carolina Sandler

Confira as dicas da Lalá para ter um blog de sucesso!


26 • 11 • 2015
por Carolina Sandler

Ter um blog não é tarefa simples: você precisa buscar sempre ideias inovadoras para seus posts, cuidar bem da produção das fotos e textos, pensar na divulgação de tudo e no relacionamento com suas leitoras. Quem sabe bem disso é a própria Lalá. Por isso, resolvi fazer uma entrevista com ela para entender como ela cuida do blog e traz dicas para quem quer fazer o seu crescer e ainda ganhar com isso! Confira:

Sem título

Como você teve a ideia de criar o blog?             

Minhas amigas sempre me pediam dicas de looks e também, quando iam viajar, sempre perguntavam quais produtos trazer e o que tinha de novidade. Por isso, resolvi criar um blog para ter essas dicas arquivadas!!

Quando você percebeu que ele poderia ser este sucesso enorme?

Quando vi o primeiro relatório de acessos do blog, tomei um susto! E depois de quatro meses de existência, algumas pessoas começaram a me ligar querendo anunciar. Foi quando dei um passo à frente e chamei minha irmã (Maria) para me ajudar e uma empresa para cuidar de anúncios e programação.

Qual é a sua parte preferida ao fazer o blog?

Gosto muito de mostrar meus looks e dividir minhas dicas de beleza, moda e viagens!!

Você pode dar uma dica para as suas leitoras que pensam em montar um blog de sucesso?

Não se vender, só postarem e fazerem parcerias com marcas que elas acreditam.

Precisa de um investimento inicial grande?

Não, as coisas estão mais fáceis na internet. Temos as opções de hospedagem gratuita, no começo trabalhávamos com ela. Depois de um tempo você vai se adaptando ao seu gosto e suas vontades de como trabalhar com esse site.

E o investimento no armário? É grande?

Depende do objetivo da blogueira. Ela pode ter preferência por um armário mais caro, mas dá para investir em marcas mais acessíveis, com certeza.

Como você consegue conciliar a agenda do blog, da La Rouge Belle e a vida pessoal?

É preciso se organizar e focar nos objetivos do dia a dia, administro bem o meu tempo, as vezes fica super corrido, mas consigo fazer. É importante saber conciliar a vida pessoal e profissional, não deixando a profissão interferir. Ah, o apoio da família é essencial.

Você leva um estilo de vida que é sonho de consumo para a maioria das suas leitoras e seguidoras. Como você vê a sua exposição pessoal?

É minha maior dificuldade. Quando comecei, não sabia o que era e qual proporção poderia tomar. Não estava preparada para essa visibilidade e opiniões positivas e negativas. No começo é difícil, mas acaba acostumando.

Muitas blogueiras têm dúvidas sobre quando e quanto começar a cobrar por posts, você tem algum conselho?

Comecei a cobrar quando apareceram muitos pedidos de anúncio, o blog começa a se tornar comercial. O valor, depende do trabalho, visibilidade e de você! É fundamental pesquisar os valores das propostas e colocar na balança com os acessos e popularidade do site.

*Carolina Ruhman Sandler é a fundadora do Finanças Femininas, o primeiro site do Brasil para falar de dinheiro só para mulheres. Jornalista, tem 31 anos, é casada e mãe da Beatriz. É coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva).

Entrevista com Lala: “Empreender foi a realização de um sonho!”


23 • 10 • 2015
por Carolina Sandler

Empreender é o sonho de muitas e muitas mulheres. Afinal, quem não quer ser a sua própria chefe, trabalhar com o que ama e ainda ser dona dos seus horários?

Para falar um pouco mais sobre esse sonho, resolvi fazer uma entrevista com a Lala Rudge. Aqui ela conta tudo sobre como foi a decisão de montar a La Rouge Belle, o seu trabalho no dia-a-dia da marca e traz dicas para quem também pensa em montar o seu negócio. Confira!

IMG_5947

De onde surgiu a ideia de criar a La Rouge Belle?
Sempre trabalhei com moda, na Mixed e na Daslu. Comecei a cursar direito porque procurava uma faculdade de noções gerais, mas ainda assim, queria trabalhar com alguma coisa minha! Quando criei o blog como passatempo, não pensava em fins lucrativos, o que acabou acontecendo. Surgiram parcerias com várias marcas e com isso, todos me questionavam porque não criava minha própria, de roupa ou sapatos. Mas eram coisas que eu já gostava e usava muito de outras marcas, não era o meu objetivo. Amo lingerie e sempre viajava para o exterior montava um acervo enorme. Meu pai e meu marido falavam que eu parecia aquelas pessoas que entram em farmácias e querem levar tudo, eu gostava de entrar em todas e comprava muito!! Aqui no Brasil não tinha nenhuma coleção que eu gostasse, que fosse sexy chic. Esse mercado ainda estava em falta com peças jovens e ligadas as tendências de moda, foi quando decidi investir nisso.

Como foi o pulo de blogueira para empresária?
Foi a realização de um sonho! O trabalho dobrou, mas aprendi a dividir bem minhas tarefas e vida pessoal.

Como foi o processo para montar a marca e as lojas?
Quando tomei a decisão de criar minha própria marca, foram cerca de oito meses para lançar a primeira coleção e pouco tempo depois, conseguimos inaugurar a La Rouge no shopping Iguatemi. Além dos e-commerces, nós temos duas lojas físicas (no shopping Iguatemi/SP e Shopping Leblon/RJ).

Qual é o seu envolvimento no dia-a-dia da marca e na criação das coleções?
Participo de todo o processo de criação, apenas não desenho, mas eu que escolho a cartela de cores, busco referências e as estilistas colocam as ideias no papel.

Qual parte do trabalho você mais gosta com a La Rouge Belle?
De tudo! Principalmente apresentar minhas ideias para criação.

Você pode contar um pouco dos planos da marca?
O foco agora é a expansão da La Rouge, esse ano ainda abriremos mais uma loja, agora no Shopping Higienópolis, em São Paulo.

Que dica você dá para uma leitora do blog que esteja pensando em empreender?
O primeiro passo é pesquisar: o que você quer empreender, como o produto é visto no mercado, concorrência, visibilidade e publicidade. Alguns negócios pedem um investimento caro inicial, mas existem outras formas de abrir o seu empreendimento.
Quando tiver certeza do projeto, tenham vontade de trabalhar e muito amor!!

*Carolina Ruhman Sandler é a fundadora do Finanças Femininas, o primeiro site do Brasil para falar de dinheiro só para mulheres. Jornalista, tem 31 anos, é casada e mãe da Beatriz. É coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva).

,

Dá pra comprar a felicidade??


25 • 09 • 2015
por Carolina Sandler

Desde pequenas ouvimos falar que a felicidade não se compra. Quem nunca sonhou em ganhar na loteria para deixar a sua vida perfeita? No entanto, o professor de Harvard Michael Norton descobriu que é possível sim comprar felicidade – o problema é só que estamos gastando do jeito errado. Não são bolsas, sapatos, o último iPhone ou mesmo um carro ou casa nova que vão te trazer felicidade, mas sim tomar uma atitude mais altruísta com seu dinheiro.

image14

Ele estudou o comportamento de vencedores na loteria e descobriu que quando as pessoas ganham uma bolada de uma só vez, elas tendem a gastar tudo logo e contrair dívidas. Ao mesmo tempo, todo mundo ao seu redor passa a lhe pedir dinheiro. Segundo Norton, se, ao invés de gastar tudo com nós mesmos, usássemos uma parte do dinheiro com outras pessoas, esta seria uma forma fácil de encontrar felicidade.

Ele realizou uma pesquisa na qual distribuiu dinheiro para pessoas na rua e pediu para um grupo gastar o dinheiro consigo mesmo, enquanto outro grupo foi direcionado para gastar aquilo com outros. No fim do dia, Norton descobriu que quem gastou o dinheiro com outras pessoas ficou mais feliz, enquanto quem que gastou o dinheiro consigo não ficou mais feliz por causa daquilo. Nem mesmo a diferença dos valores distribuídos ou na forma de gastar tiveram algum impacto: com mais dinheiro ou menos dinheiro, quem gastou com o outro se deu melhor.

Quem pagou um café para um colega se sentiu de fato mais feliz do que quem tomou um café com aquele dinheiro. Bacana, não é?

Então clique no vídeo para assistir a palestra!

Um abraço!

Carol

*Carolina Ruhman Sandler é a fundadora do Finanças Femininas, o primeiro site do Brasil para falar de dinheiro só para mulheres. Jornalista, tem 31 anos, é casada e mãe da Beatriz. É coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva).

página 1 de 9