Todos os artigos por Carol Rosa

,

Casa Organizada na praia ou no campo | Boas férias!


15 • 01 • 2018
por Carol Rosa

Olá, gente!

Feliz Ano Novo!!

Não posso deixar de abrir a coluna deste mês desejando um 2018 especial para todos nós! E aproveito para lembrar que começo de ano é um período ótimo para quem quer começar a ser mais organizado, mas vem adiando o pontapé inicial… De qualquer forma, não vou dar as dicas do ponto de partida, porque já falei desse assunto na primeira coluna aqui no blog. Quem tiver interesse, pode dar uma olhadinha… Foi só um toque mesmo!

Em dezembro, dei algumas dicas para organizar as ceias de fim de ano. Agora, como a temporada de férias está por ai, trago sugestões para quem vai receber a família e amigos nas residências de veraneio. Seja na praia ou no campo, é época de casa cheia, não é? Por isso, é importante se organizar com antecedência para facilitar o dia a dia com os hóspedes e oferecer um tratamento cinco estrelas.

Outra dica é ter alguns itens básicos extras que os hóspedes podem acabar esquecendo de levar. Tenha sempre à mão protetor solar e repelente. Além disso, prepare um kit de banheiro. Coloque miniaturas de shampoo, condicionador e sabonete.

É preciso pensar também nas toalhas de praia. O cálculo é: cada pessoa vai usar uma por dia. Por isso, é importante ter uma quantidade extra. Uma dica que eu acho que funciona – e ainda dá um charme ao ambiente – é acomodar as toalhas limpas em rolinhos dentro de um cesto. Deixe-as na beira da piscina, à disposição de todos.

Outro cômodo que não pode ser esquecido é a despensa. O anfitrião deve fazer uma lista e levar tudo ou boa parte do que pretende oferecer durante a estadia já da cidade de origem. É mais fácil do que ter que sair para comprar depois (os supermercados nas praias, a gente sabe, costumam ficar cheios nesta época). Pense também em alimentos que agradem as crianças, caso tenha algum hóspede com filho. E lembre-se: bebidas nunca podem faltar, principalmente água.

PORTA-MALAS

Aconselho que o dono da casa chegue sempre com alguns dias de antecedência para deixar tudo preparado e providenciar os últimos detalhes. E não adianta: o carro do anfitrião sempre irá mais lotado que o dos convidados. Cabe a ele a responsabilidade de levar a maior parte das coisas.

Então, aqui vão algumas dicas de como organizar o porta-malas para conseguir acomodar tudo sem estragar nada.

Antes de começar o jogo do encaixa-encaixa, coloque todos os pertences juntos. Assim, você terá uma noção mais clara de tudo o que tem e como deve organizar. Se você vai precisar levar muita coisa, fique atento ao formato da mala. Evite aquelas de rodinhas usadas em geral para viagens de avião. Opte por bagagens de tamanho médio ou de mão. As malas menores e mais flexíveis são mais fáceis de acomodar.

Na hora de organizar, comece colocando as bagagens maiores e retangulares no centro do porta-malas e vá encaixando os objetos menores ao redor, nos espaços que sobrarem. Como geralmente levamos um cooler para preservar os alimentos, vale lembrar de colocar coisa dentro. Até aqueles mantimentos, por exemplo, que não precisam de refrigeração podem ser colocados na parte interna para ocupar totalmente o espaço. Idem com brinquedos de criança… Quem leva baldinho, por exemplo, também pode usá-lo para acomodar algo menor dento.

O que é mais sensível e pode amassar, assim como quando organizamos as malas, a gente deixa por último, para que nada vá (ou caia) em cima durante a viagem.

Agora com tudo pronto e organizado, é só partir… Boas férias!

Carol Rosa / Personal Organizer

carol@carolrosa.com.br

11 98899 9270 | 11 96060 6056

www.carolrosa.com.br

 

,

O tempo voou e o Natal chegou: hora de deixar tudo pronto para a ceia


18 • 12 • 2017
por Carol Rosa

Gente,

Última coluna do ano! Só eu estou com a sensação de que o tempo voou ou tem mais alguém aí? O Natal é, sem dúvida, a época mais esperada por todos. Mas, com ela, vem também uma correria sem fim: confraternizações, presentes, viagens, festas… Dezembro parece curto para tantos compromissos. E pode se tornar um mês de desespero para quem, além de tudo, vai fazer a ceia ou o almoço natalino em casa. Por isso, é preciso se organizar. Alguns cuidados tomados com antecedência, eu garanto, evitam que um momento tão especial se torne um atrativo para o estresse.

Separei, então, para vocês, leitoras do blog, algumas dicas de pontos principais a serem levados em conta agora que faltam poucos dias para a chegada do bom velhinho e até mesmo do ano novo. Isso porque quase tudo do que se aplica aqui vale também para o Réveillon.

CONVIDADOS

A primeira tarefa é ter certeza da quantidade de convidados que você irá receber. É importante para não ter surpresa depois. Confirme com quem você chamou, com antecedência, já agora, quantas pessoas da família vão e reforce o horário marcado. Não deixe para a última hora ou isso vai acabar comprometendo toda a organização da ceia. No entanto, vale sempre considerar 3 ou 4 pessoas a mais do número final. Assim, se alguém aparecer de última hora, você não será pego desprevenido. Mais vale sobrar comida do que faltar. Se sobrar, é só guardar para comer nos dias seguintes…rs. Se faltar, será uma saia justa sem igual.

LISTA DE COMPRAS

Antes de começar as compras é importante decidir se você fará a ceia, se cada convidado vai levar um prato ou se vai encomendar algo pronto. Pergunte se as pessoas têm alguma alergia ou limitação alimentar. Isso pode evitar outra saia justa.

A partir daí, comece uma lista do que pretende servir. Mesmo se cada pessoa for contribuir com um prato, divida o que cada uma vai levar ou você corre o risco de ter dois perus e nenhum tender na sua ceia, por exemplo.

Se a ceia for ficar por conta do anfitrião, é preciso se organizar ainda mais. Cheque as receitas que você está planejando fazer. Verifique se você já tem os ingredientes em casa ou se é preciso acrescentar à lista de compras. Como é uma época do ano muito corrida e com filas enormes em todos os lugares, planeje-se para ir ao supermercado com antecedência e já compre todos os alimentos congelados e não perecíveis.

É preciso fazer uma lista de bebidas também. Se você pretende servir drinks e aperitivos, além do tradicional espumante, precisa definir qual bebida irá acompanhar o jantar. É bom ver opções para as crianças e sempre oferecer bebidas não alcoólicas. Não esqueça também da água. Muitas vezes pensamos em tudo e acabamos deixando de lado o essencial.

Os alimentos frescos e frutas devem ser comprados na véspera. Então se prepare e tente ir a um lugar onde você sabe que poderá encontrar tudo. Evite a peregrinação de loja em loja. Isso estressa e gasta tempo. Ainda mais nessa época do ano…

Além disso, lembre-se das outras compras fundamentais para garantir que seus convidados não passem apuros. Compre papel higiênico, lenço umedecido (caso vá receber crianças) e sabonete líquido.

SERVIÇO DE MESA

Com a quantidade de convidados em mãos e os pratos que serão servidos, é hora de preparar a casa. Veja se você tem taças, pratos, talheres e copos suficientes para todo mundo. Lembre-se que você vai precisar de jogos para o jantar, para a sobremesa, taças de vinho, de champanhe,  de licor… É importante estar atento a isso. Às vezes, durante o ano, as pessoas não usam jogos de jantar ou não recebem tantas pessoas ao mesmo tempo. É bom verificar se tudo está em ordem! Outra dica é checar se há travessas para todos os pratos que pretende servir. Se os jogos não estiverem completos, vale alugar ou até mesmo misturar peças de jogos de jantares diferentes – desde que combinem entre si. Isso pode até dar um ar personalizado à ceia!

E aí, claro, só posso desejar que tenham ótimas festas e que entrem em 2018 com o pé direito, o astral renovado e muita esperança! Obrigada por terem me acompanhado este ano aqui e espero que continuemos juntos no próximo! Já em janeiro darei dicas para a organização da casa, de uma forma geral. Para começar o ano novo com tudo em ordem. Isso facilita, acreditem, porque depois é só manter… Enfim, assunto para o ano que vem! Até lá!

Beijos.

Carol Rosa / Personal Organizer

carol@carolrosa.com.br

11 98899 9270 | 11 96060 6056

www.carolrosa.com.br

,

Lá vem o verão | Organizando as roupas de ginástica para manter corpo em forma


11 • 11 • 2017
por Carol Rosa

Olá, gente!

O verão se aproxima e aposto que todo mundo já está focado na academia! Por isso, as dicas deste mês são justamente para ajudar na organização das roupas de ginástica. Blusa, legging, short, top, tênis, polaina, regata, macacão… Hoje em dia tem de tudo de várias cores, modelos e marcas. O “boom” da geração saúde e a busca por uma vida sem sedentarismo deu um novo status à moda fitness. Se antes as roupas de ginástica ocupavam pouco ou nenhum espaço nos armários, agora ganharam destaque no closet.

Por serem de tecidos e modelagens diferentes, as peças merecem atenção especial na hora de arrumar o guarda-roupa. As camisetas costumam ser mais molinhas, difíceis de formar uma pilha. Quem tenta, acaba deixando o espaço com aquele aspecto de desarrumado. Mas calma, há sempre uma solução!

Para quem tem gaveta de sobra no armário, separe uma só para as peças de malhar. Uma dica: as camisetas de algodão, do dia a dia, podem ser colocadas nas prateleiras por causa do tecido um pouco mais grosso. E, assim, abrir lugar no gaveteiro para as de ginástica. Na hora de guardar as blusas e regatas, a sugestão é dobrar como uma camiseta normal: mangas para dentro e depois ao meio. Feito isso, dobre novamente ao meio. Assim, você consegue acomodar uma atrás da outra, como se fosse uma escadinha mesmo.

Se der, vale também colocar as calças e shorts no mesmo espaço. Caso precise separá-los, tente manter tudo perto. Por exemplo: se as camisetas estão de um lado do armário, opte por colocar as calças do mesmo. É mais prático e fácil. As calças, leggings e shorts de academia, se não couberem nas gavetas, podem ser dobrados e empilhados nas prateleiras

Use o espaço que sobrar da gaveta ou um cesto pequeno para guardar os acessórios: relógio de corrida, medidor de batimento cardíaco, luvinha, entre outros usados na hora da malhação.

Falando em cesto, pra quem não tem espaço na gaveta, os organizadores – que comentei aqui no post passado – podem ajudar bastante. Cestos e caixas de tecido podem acomodar as roupas de ginástica. As colmeias também auxiliam para separar os tops sem bojo. Já os com bojo devem ser guardados abertos, como os sutiãs: um encaixado atrás do outro. Os demais, podem ser dobrados como se fossem calcinhas: faça um pacotinho e acomode na gaveta ou na colmeia.

Invistam nas colmeias: é mais fácil para higienizar o armário, já que é só retirar a colmeia toda ao invés de peça por peça. Além disso, fica bem visível e ajuda a ganhar espaço, uma vez que as peças não ficam espalhadas!

Para bonés e viseiras, eu sugiro ganchinhos na porta do armário ou na parede, para pendurá-los. Além de ser prático, permite que eles respirem e sequem. Por conta da transpiração, é  sempre melhor deixá-los em local arejado, que evita odores e manchas.

Para os tênis, a recomendação é a mesma que a para os demais calçados: é importantíssimo deixá-los respirar antes de guardar. Depois de se exercitar, coloque na lavanderia ou no quintal e sempre na sombra. Vale passar um pano úmido na sola. Assim, evita odores e aumenta a vida útil do calçado.

Com tudo em ordem, não tem desculpa para fugir da malhação! É bom lembrar que já já vem o verão…

Espero que tenham gostado das dicas. Qualquer dúvida, vocês sabem, podem falar comigo e dar sugestões através do meu Instagram: @carolrosaorganizer.

Beijos. Até a próxima!

Carol Rosa / Personal Organizer

carol@carolrosa.com.br

11 98899 9270 | 11 96060 6056

www.carolrosa.com.br

página 1 de 4