Todos os artigos por Carol Rosa

,

Ganhamos um espaço físico! | Venham conhecer nosso showroom!


17 • 09 • 2018
por Carol Rosa

Oi, gente!

A publicação deste mês é um pouco diferente das demais, mas muito especial. Se sempre venho aqui dar dicas de organização, hoje a dica é: venham até mim! Sim, agora é possível. Estou abrindo um Showroom da minha marca, o Carol Rosa Shop, com produtos de organização feitos com muito carinho por mim.

 

Para quem ainda não sabe, eu tenho uma linha de produtos vendida pela internet. Mas, sendo da área, sei como às vezes precisamos das coisas “pra ontem”. Por isso, tinha essa inquietação. Queria um lugar físico, onde as pessoas pudessem ir e comprar a pronta entrega. No Showroom do Carol Rosa Shop, no bairro da Saúde, Zona Sul de São Paulo, em um espaço de 120 m2, vocês poderão encontrar dobradores, colmeias, enchimento para botas e sapatosseparadores de cabidescapas para proteger ternos, vestidos e guardar edredons… Todos produtos que eu uso na casa das minhas clientes e que foram feitos com a mais alta qualidade e melhor acabamento.

O espaço é também uma oportunidade para as pessoas conhecerem os produtos, tirarem dúvidas sobre a melhor forma de uso e, claro, é um lugar onde podemos nos encontrar e conversar sobre esse universo da organização que tanto me atrai e tanto tem conquistado as pessoas ultimamente.

Afinal, como sempre digo aqui, organização está diretamente relacionada à qualidade de vidaeconomia de tempo. Por isso que me sinto tão feliz em ampliar a minha atuação na área.

Então fica o meu convite para que venham conhecer esse espaço que espero que seja nosso! A partir de 24 de setembro, ele estará aberto de 10:00h às 17:00h, na Rua Guaripe, 128. Aguardo vocês!

Beijos,

Carol Rosa/ Personal Organizer

carol@carolrosa.com.br

11 96060 6056

www.carolrosa.com.br

,

Demorou, Mas Chegou | O Frio Finalmente Bateu à Nossa Porta


13 • 08 • 2018
por Carol Rosa

Olá, gente, tudo bom?

Vou aproveitar o friozinho dos últimos dias para dar algumas dicas de cuidados com os acessórios de inverno! Convenhamos que este ano o tempo estava bem maluco e quase não tivemos muito frio. Ou seja, os acessórios ficaram guardados por um bom tempo. Então, a pergunta que fica é: da maneira certa?

As peças de inverno costumam ser mais delicadas, mas por serem usadas com menos frequência, devem durar mais. Só que pra isso as pessoas precisam fazer a parte delas: cuidar e guardar cada item da maneira adequada.

A pashmina, por exemplo… Onde está a sua agora? Pare e pense! Trata-se de uma peça extremamente delicada, que pode amassar facilmente. Por isso, a minha recomendação é pendurá-la em cabide. Dá para colocar até três em cada… Eles podem ser aqueles flocados mesmo, para que elas não escorreguem.

E seus gorros e luvas? Você sabe onde eles estão? Convenhamos: não são produtos que compramos anualmente. Por isso, a importância de termos uma atenção extra a eles. O ideal é que sejam acomodados em caixas de tecido. Para quem prefere caixa de plástico, é preciso que ela tenha algum tipo de respiro para que as peças não mofem. Se tiver gavetas suficientes e preferir guardar nelas, vale apostar nas colmeiras. Assim, as peças não bagunçam quando você abrir ou fechar a gaveta e ainda facilita na hora da higienização, já que você pode tirar uma única peça onde estão todos os itens, em vez de tirar um a um. Sugiro atenção especial às luvas de couro: é importante que elas não fiquem encostadas umas nas outras, para evitar manchas.

Agora vamos pensar em cachecol. Costuma fazer um rolinho e guardar em qualquer lugar? É bom tomar cuidado porque, se for de lã, deve-se evitar contato com botões, brilho e fechos pontiagudos. Esses produtos podem puxar fio e você acaba perdendo a peça por uma bobagem. O ideal é colocar os cachecóis em caixas, já que são volumosos e ocupam muito espaço. A não ser, claro, que você tenha gaveta de sobra… Aí dá para alocar nela. Com outras peças de lã, como malhas, por exemplo, também vale o cuidado de não deixar perto de nada que possa desfiar o produto. Se quiser colocar em caixa, para só acomodar no armário quando o frio chegar, é bom optar por aquelas que são metade de tecido e a outra metade de plástico, para preservar a peça.

Vale lembrar que todos esses itens são usados poucas vezes, a não ser por quem viaja bastante. Por isso, se não tiver muito espaço, dá para deixar tudo guardado e só colocar no armário, no lugar das peças de calor, quando o frio chegar. Como fazer essa inversão no guarda-roupa? Eu já expliquei aqui… Para quem perdeu, este é o link.

Se tiverem alguma dúvida, podem me perguntar!

Até mais!

Carol Rosa/ Personal Organizer

carol@carolrosa.com.br

11 96060 6056

www.carolrosa.com.br

,

O preparo para a chegada do bebê


16 • 07 • 2018
por Carol Rosa

Olá, como vocês estão?

Prontas para mais uma leva de dicas de organização? A coluna de hoje foi feita pensando nas futuras mamães. Quero ensinar cinco truques essenciais que toda gestante deve aplicar na hora de montar o guarda-roupa do bebê. E olha que não basta só ter tudo comprado. Nesse momento, é importante deixar tudo funcional e à mão para facilitar a vida da mãe. Afinal de contas, serão alguns meses de muito cuidado, atenção e uma demanda sem fim.

 O que comprar?

A primeira recomendação é fazer uma lista de tudo que a criança vai precisar nestes primeiros meses: macacão, mijão, body de manga curta, body de manga longa, calça, pares de meia. Inclua nessa conta ao menos 2 casaquinhos para cada idade do recém-nascido. Com os itens prioritários em mãos, saiba que o recomendável é comprar no mínimo seis peças de roupa de cada categoria por faixa etária. Ou seja, seis macacões para a criança usar de 0 a 3 meses, mais seis macacões para 3 a 6 meses, e assim por diante. É claro que as mamães vão comprar aquele item que mais gostam, mesmo que já tenham a quantidade necessária. Mas vale lembrar que a criança também ganhará muitos presentes e, por isso, é importante ficar atento para não exagerar e correr o risco de acabar com peça no armário que sequer será usada.

Outra dica importante é priorizar as compras de itens básicos. Roupas sociais ou de sair, em geral, a criança acaba ganhando de presente. É normal que os meninos ganhem camisa ou uma calça mais descolada e as meninas muitos vestidos e macacões de babados.

Já para a rouparia, a recomendação é comprar ao menos duas mantas e três trocas de lençóis. Calcule também três jogos de toalha.

Como organizar?

Faça uso de organizadores para facilitar o dia a dia de quem cuida do bebê. Eles são ótimos para acomodar os medicamentos das crianças. Aqueles para cólica, dor de ouvido, vitaminas e até o termômetro, como são muito usados nos primeiros meses de vida, devem estar sempre à mão.

Use os organizadores também para guardar algodão, lenço umedecido, pote com água, pomada, etc.  E deixe sempre em um espaço próximo ao trocador. Reserve ainda uma outra cestinha ou caixa para guardar o kit de higiene do bebê, como o cortador de unha e lixa.

Os divisores de gaveta costumam ser esquecidos, mas são ótimos para separar acessórios de cabelo das crianças, no caso de meninas.

E o armário?

Para as roupas que vão ser penduradas, eu costumo usar um truque que funciona bem. Na hora de separar as peças dentro do armário, não leve em conta apenas o tamanho discriminado na etiqueta. Meça cada item. Compare. As confecções não seguem um padrão. Algumas roupas que seriam de 0 a 3 meses, podem ter um tamanho semelhante às de 3 a 6 meses. Depois de separados por tamanho, pendure em ordem crescente no armário: do menor para o maior. Assim as roupas ficarão bem organizadas e você terá uma noção de todos os itens que o recém-nascido tem.

Outra dica importante e que vai facilitar a vida de quem prefere pendurar a maior quantidade possível de camisetas, calças e vestidos, é comprar cabides finos e infantis. Eles ocupam menos espaço e são ideais para o tamanho das roupas.

Lave as roupinhas

Com a chegada do bebê se aproximando, é hora de preparar as roupas que ele irá usar. Sugiro sempre que as mamães deixem as roupas lavadas até pelo menos o sexto mês de gravidez. Acredite: a mãe não terá tempo de fazer isso depois do nascimento. Lave todas as peças e passe antes do recém-nascido vesti-las. Atenção: Use sempre sabão de coco ou neutro. Nunca utilize amaciante. A criança pode desenvolver alguma alergia.

Outra dica importantíssima é sempre cortar a etiqueta antes de organizar as peças no armário, principalmente as de recém-nascido. Como a pele do bebê é muito sensível, a etiqueta pode acabar irritando e arranhando a criança.

Check List Final

Aqui é o momento que a mamãe acaba se empolgando e descobre que comprou muitos macacões, mas tem apenas três bodies. Por isso, aconselho organizar o armário do bebê já no final da gravidez, quando quase tudo já estiver comprado. Vai ficar mais fácil deixar as coisas em ordem e ver o espaço que você deve destinar para cada tipo de peça. Esse é o momento de refazer a conta e checar a lista item por item. As pessoas se surpreendem como, às vezes,acabam esquecendo as coisas mais básicas e primordiais como um simples cortador de unha.

Siga essas dicas e você verá que vai economizar tempo com o seu bebê, o que é tão precioso nessa fase da vida dele. E para quem está grávida, assim como a Maria, aproveite muito cada momento e boa gestação!

Até a próxima!

Carol Rosa/ Personal Organizer

carol@carolrosa.com.br

11 98899 9270 | 11 96060 6056

www.carolrosa.com.br

página 1 de 7