Resultado de Busca por: md codes

,

O MD Codes Visionary


11 • 08 • 2017
por Clarissa Rittes

Olá meninas!!

A coluna dessa semana vai ser sobre um tema apaixonante para os amantes da beleza.  Depois de um ano da introdução do MD CODES – técnica que revolucionou o conceito de rejuvenescimento, prevenção e embelezamento -, os injetores ganharam a expertise necessária para o próximo passo, o MD CODES VISIONARY.

Após conhecimento profundo dos pontos de sustentação óssea e reposição de volume, agora, com o MD VISIONARY, podemos não apenas obter os resultados já alcançados pelo MD CODES, mas ir além, ou seja, é uma atualização do processo. Sim, agora, não temos apenas pontos, temos equações formadas com os pontos de sustentação óssea. Nessas equações , descobriu-se que a associação de alguns pontos, usando quantidades específicas de produtos determinados, produzem resultados não apenas nas rugas, mas também nas emoções transmitidas em nossas feições. Por isso, é possível criar para cada paciente uma sequência e combinação personalizada de expressão e de forma hierárquica. Uma vez reestruturadas, algumas feições do rosto trazem grandes benefícios em relação à mensagem transmitida pela expressão. Por exemplo, conseguimos deixar o paciente com um aspecto menos cansado, menos bravo, mais jovem e até mais atraente, refinando os ângulos do seu rosto e gerando beleza com criação de novas proporções faciais em uma estética mais agradável.

Concluindo, o MD CODES VISIONARY é uma técnica que engloba diversos procedimentos e nos permite usar produtos de alta qualidade na remodelação dos ângulos. Para isso, entretanto , antes de “embelezar”, é necessário estruturar a feição, sendo necessário para essa técnica uma grande quantidade de ampolas. Sim, ampolas, não produto, pois ao contrário do que as pessoas pensam, muitas ampolas resultam numa pequena quantidade de gel, como mostra a foto abaixo, onde os números representam a quantidade de ampolas em cada colher:

No MD CODES VISIONARY, percebemos que ao usar a técnica e metodologia corretas, uma grande quantidade de seringas pode embelezar muito uma pessoa, sem exageros, excessos e sem perder a naturalidade.

A técnica consiste numa forma nova de analisar o que cada paciente quer e precisa. A associação de pontos (equação) vai trazer o resultado esperado, respeitando uma ordem de prioridades de áreas. Mostramos ao paciente que para melhorar a aparência de cansado, bravo, flácido , primeiro é necessário estruturar a face para depois refiná-la. Muitas vezes, o paciente quer parecer menos cansado, mas se queixa de linhas que não vão fazer a menor diferença no aspecto global. Ou seja, nessa técnica, o médico mostra ao paciente a ordem de prioridades e quais as áreas que ele realmente precisa tratar para obter a aparência desejada. Confesso, de acordo com minha experiencia, que quase nunca é a queixa que ele chega à Clinica. Por exemplo, quando perguntado para um paciente o que ele deseja, a resposta é uma aparência menos cansada, menos brava, mais jovem ou atraente. Nessa técnica atualizada, agora nós mostramos para o paciente que para conseguir o resultado global desejado, é necessário primeiro estruturar, para depois ir ao detalhe. Na parte do detalhe, da refinação, alguns conceitos foram aprimorados, algumas proporções que geram a beleza foram melhor entendidas e algumas equações da beleza foram criadas, como o “TOP MODEL LOOK”, procedimento no qual após a sustentação, melhoramos alguns ângulos e conseguimos deixar uma pessoa muito mais atraente. Estamos apaixonadas 😍.

Consultem o médico dermatologista de vocês, essa técnica é exclusiva de médicos muito bem treinados e está revolucionando o mundo da beleza .

Beijos e até a próxima coluna,

Dra. Clarissa Rittes

Para mais informações: Tel:. (11) 3045-4167 | IG: @clarissarittes

,

Próximos passos MD Codes


31 • 08 • 2016
por Clarissa Rittes

Olá meninas!!

Semana passada falamos sobre os MD codes, pontos específicos para rejuvenescimento, embelezamento e harmonização facial.

Os primeiros pontos são os de sustentação malar, eles promovem uma sustentação da região, causam o afinamento do rosto, melhora do “bigode chinês”, contorno facial, linhas ao redor dos olhos, além de prevenir o envelhecimento. Hoje vou falar da próxima etapa!

Um mês após a aplicação dos pontos malares, reavaliamos o paciente pois cada caso necessita de pontos específicos nessa segunda etapa. É possível fazer MD codes na testa, para linhas frontais; nos olhos, para subir a sobrancelha e consequentemente a pálpebra. E também é possível aplicar na região ao lado do nariz, devolvendo o volume e dando um aspecto de saúde, tratando também o bigode chinês. Existem também pontos na mandíbula, queixo, linha do marionete, olheiras, lábios… Tudo depende da avaliação individual e necessidade de cada paciente. É possível atingir resultados fantásticos tanto de rejuvenescimento, quanto de embelezamento.

746a9737-42bb-4e46-adaf-c3c2d776d0c3_

Como o procedimento é sempre feito com ácido hialurônico (3 tipos, um para cada região), a idade de início depende da vontade do paciente, pois ácido hialurônico não perde o efeito, nem ganha resistência com o tempo, muito pelo contrário. Quando iniciamos os MD codes, assim que o envelhecimento começa (em média aos 25 anos), é possível prevenir linhas que se formariam, principalmente no terço inferior da face e pescoço.

9e21a615-cfd2-493f-bcef-acf7fe39e786_2

Em pacientes mais maduras, podemos realizar o MD codes dos 8 pontos (8 – point lift). Nesse caso, aplicamos os produtos em 8 pontos específicos e conseguimos um efeito semelhante a um lift cirúrgico, mas sem cirurgia, sem seus riscos e sem tempo de recuperação. Esse resultado dura em média 2 anos, começa a ser perdido a partir do meio do segundo ano e, ao seu fim, todo produto já foi consumido pelo corpo, sendo necessário reaplicar para manter o resultado. Caso contrário, não existe uma “piora” em relação ao antes, apenas a perda do efeito lift, e consequentemente, o ” rosto antigo”.

4e579566-b3df-4799-98bb-32912985c2d2

O MD codes revolucionou a dermatologia, pois agora é possível obter resultados cirúrgicos sem cortar. Porém, esse tratamento serve para sustentar e volumerizar, sendo necessário cuidar também da parte mais superficial da pele. Isso pode ser feito com cremes, peelings, laser, luz pulsada e radiofrequência, que também são fantásticos em associação com os MD codes, pois promovem o tratamento de manchas, vasos e linhas finas. Após 1 mês de MD codes, já é possível fazer lasers ou a tecnologia apropriada para sua pele.

Consulte seu Dermato, apenas ele pode saber qual a melhor opção para sua pele! Próxima coluna vou falar sobre tratamentos corporais para esse verão ❤️

Beijos, Dra. Clarissa

,

MD Codes – Novidades na Dermatologia


12 • 08 • 2016
por Clarissa Rittes

Olá meninas!!

Hoje vou falar sobre MD codes, novidade que chegou ao Brasil em junho deste ano. Uma técnica nova de sustentação e remodelamento facial com tipos diferentes de ácido hialurônico.

Criada pelo cirurgião plástico Dr. Maurício de Maio e, apresentada a 500 médicos brasileiros no encontro promovido pela Allergan, o método consiste na aplicação de pontos de suporte facial em lugares específicos, para sustentar o rosto, prevenir e tratar o envelhecimento, além embelezar e harmonizar a face. Existem pontos específicos dentro do código, com funções e técnicas de aplicação diferentes.

fc2ddabf-97d5-4bea-a38d-1e56d7229542

A inovadora técnica proporciona um efeito lifting com estruturação e suporte, tratando e ao mesmo tempo prevenindo o envelhecimento, pois quando damos suporte ao rosto, evitamos os efeitos da gravidade e paramos o processo de envelhecimento. É possível também com o procedimento afinar o rosto, dando um efeito de embelezamento e emagrecimento.

Existem MD codes específicos para rejuvenescimento, reposição de volume e embelezamento. A indicação depende da avaliação global da face e idade. O principal benefício é a possibilidade de ter um resultado cirúrgico, um efeito de lift tão bom quanto o de uma cirurgia, mas sem os riscos e tempo de recuperação. Nas próximas colunas vou falar sobre as etapas dos códigos.

001

Os primeiros pontos devem fazer a sustentação da região malar, pois essa é a primeira a sofrer os efeitos do tempo e da gravidade. Em média, a partir dos 30 anos, essa região começa a “cair”, iniciar os MD codes nessa idade não apenas embeleza e rejuvenesce melhorando olhos, boca , contorno e “bigode chinês”, como também previne o fortalecimento indesejado dos músculos do terço inferior da face, pois uma vez sustentada, a região malar não faz mais “peso”, evitando que os músculos do terço inferior “puxem ” tudo para baixo e causem a queda do contorno (famoso “bulldog”), caimento da boca e intensificação do “bigode chinês”.

Apenas MÉDICOS estão habilitados a realizar os códigos (MD codes significa MEDICAL CODES – códigos médicos), a técnica inovadora consiste em uma forma diferente de usar produtos à base de ácido hialurônico e, deve ser feita com produtos específicos da linha Juvederm (Voluma, Volift e Volbella). Cada produto tem uma técnica de aplicação dependendo do código (leque, pontos, bolus), e plano de aplicação (ósseo, subdérmico, mucoso).

Para o resultado esperado, é preciso que a técnica seja correta, assim como a indicação e a escolha do produto, por isso, consulte seu dermatologista ou cirurgião plástico, os médicos que participaram do encontro estão aptos a realizar o procedimento e receberam um certificado junto com o livro.

Hoje expliquei os primeiros pontos, semana que vem falarei sobre os próximos passos.

Espero que gostem! Beijos, Dra. Clarissa

página 1 de 2